Envie seu recado para o email: recado@iledomolu.com.br.

Okolofé Mãe e Pai Okolofé minha mãe Yansã, hoje comemoramos o seu dia, dia este em que para mim é mais do que especial, dia este que mais uma vez venho a agradecer por tudo que a senhora te feito por mim e por tudo que a senhora abre meus caminhos e me orienta, MÃE YANSÃ, muito, muito, muito obrigada.....obrigada ..... A senhora é a dona da minha cabeça, obrigada...... Okolofé

Zyamoju - 04/12/2014

Okolofé Minha Mãe e Meu Pai hoje tenho muito mais do que ontem para agradecer a todos os Orixás e a todo povo da esquerda, que durante muitos e muitos anos venho travando uma luta com a saúde do meu irmão que tem cancer de bexiga, prestes a tirar a bexiga o médico pede uma nova cistoscopia com biopsia e verifica apenas com a cistoscopia que o quadro dele esta bem melhor, e por hora suspende a cirurgia. Além disso, o nosso irmão Jeolu estava internado, e hoje teve alta, depois de uma semana no hospital, eu só tenho a agradecer a todos os Orixas, povo da esquerda, minha mãe e meu pai, meu marido, meu filho, e minha família sanguinea, por tudo que nos ajudou e nos ajuda todos os dias, quero também agradecer a todos os meus irmãos de uma forma ou outra me ajudaram também. Okolofé

Zyamoju - 03/12/2014

Okolofé meu pai OMOLU JAGUN, Mãe Jagunlemi, Pai Alaodé, Mãe Yansã, Pai Oxossi, e todos os Orixas. Quero agradecer por mais esta oportunidade de estar completando 03 anos como EKEDE de OMOLU JAGUN, falar obrigada é muito pouco para expressar o que estou sentindo. Não posso deixar de agradecer a nossa mãe CRIADEIRA, okolofé, Odelemum, agradecer quem fez o nosso ageun, okolofé, Ekede Yasongue, agradecer nosso Ogã de OXALÁ, por dividir conosco sua pequena e grande sabedoria, nossa Agibonan, okolofé, que infelizmente não pode estar junto com a gente todos os momentos, ressalto que mesmo estando impossibilitada juntou todas suas forças e as forças de sua /nossa mamãe Oxun, foi assistir a nossa HUMILDE E GRANDIOSA SAÍDA DE SANTO, bem como a saída do OGÃ DE OMOLU JANGUN,OTALANDE, okolofé, que completou 07 anos de obrigação. Meus eternos agradecimentos ao meu marido OGÃ OBAIPÀ, por se desdobrar em todos os sentidos para me apoiar, ao meu filho DANILO que aceita e respeita todas as minhas decisões. Em especial meus agradecimentos, e todas a glórias para a a Ekede Oyasisun, okolofé, que brilhou e nos exaltou com a sua presença, mesmo estando sem condições de saúde para nos ensinar a dançar,obrigada Ekede por reunir todos os seus esforços e com a força de sua/nossa MAMÃE YANSÃ, TODOS BRILHARAM ....PARABÉNS A TODOS. Cada dia que passa sou mais RICA....RICA....na minha fé a Deus e aos Orixás.

Ziamoju - 20/08/2014

Primeiro Mãe Conceição a sua benção perdoe-me pela falta de contato, o motivo é que perdi o celular e fiquei sem contato de ninguém. Não pude mais ir porque estou com problemas de saúde, continuo fazendo fisioterapia e tive problemas na coluna. Mas em breve estarei aí. Abraço do seu filho Pedro.

Pedro - 24/07/2014

Hoje é um dia é um dia especial, pois Deus enviou lá do céu uma estrela, para que aqui na terra iluminasse os nosso caminhos... peço em minhas orações a pai Omulu que lhe de muita paz, saúde, amor , prosperidade, muitos anos de vida. Que Mãe Oxun lhe de muita força, paciência, tranquilidade. Que Pai Ossain lhe cubra com suas folhas para que nenhum mal chegue perto e a felicidade reine sempre...FELIZ ANIVERSÁRIO MINHA MÃE. Nigueyan e Bedekerein

Bedekerein - 22/05/2014

Okolofé hoje e um dia especial Dia das Mães e quero agradecer a minha Mãe Jagunlemi,por cuidar de mim e de minha familia.Dirijo estas palavras de afeto, carinho,gratidão e consideração,através da convivência, estou aprendendo a respeitar cada vez mais esta mulher forte e generosa que não mede esforços para ajudar e por ser um ser humano tão especial, é que lhe passo essa mensagem repleta de carinho, respeito e amizade.Desde que te conheci, sua imagem inspira amor e alegria, no coraçãode todos os que te cercam.Que este dia tão especial, para todas as mulheres que são mães e também para as que não são, todas as bençãos e glórias de Oxala a derramar sobre estes destinos fortes e decididos.Ter a sua amizade e o seu carinho, significa muito para mim, por isso todas essas palavras são sinceras e verdadeiras e tudo que lhe desejo não caberiam em simples palavras.Quero estar sempre em sua história, compartilhando do seu sorriso e da sua alegria.Feliz dia das mães á uma pessoa que tenho um carinho e gratidão.Obrigada por tudo que faz por mim e minha familia...bjos

Dandaomim - 12/05/2014

Hoje dia 04/05, a todos os meus irmãos e minhas irmãs desta casa maravilhosa! Desejo PAZ e AMOR. Que o ALÀ de OXALÀ; as PALHAS DE OMOLU; A ESPADA DE OGUM; AS MATAS DE OXÓSSI; AS PEDRAS DE XANGÔ, AS FOLHAS DE OSSAIN; O ARCO-IRIS DE OXUMARE; OS VENTOS DE IANSÃ; AS ÁGUAS DOCE DE OXUM; AS ONDAS DE IEMANJÁ; A ENERGIA AMOROSA DE NANÃ! A DOÇURA DE COSME E DAMIÃO; SE FAÇAM PRESENTE TODOS OS DIAS. MINHA MÃE JAGUNLEMI E MEU PAI ALAODÉ e TODOS OS MEUS IRMÃOS MUITO OBRIGADA POR ESTE DIA TÃO ESPECIAL. AMOOOO ABRAÇAR, ENTÃO UM ABRAÇO A TODOS.

Adakorin - 04/05/2014

Alguma coisa está acontecendo, olhei para o céu, cadê as estrelas??? O sol sumiu; a lua partiu......... Sumiram as rosas dos jardins, sumiram os peixinhos do mar e vento deve estar soprando em outro lugar...... Em busca de ajuda, procurei os anjinhos e nem eles consegui encontrar. Quando de repente um deles, eu vi tentando escapar.......Não exitei, e fui logo perguntando: Anjinho, anjinho: - O que está acontecendo??? E o anjinho mesmo que apressado, respondeu ao meu chamado: Leise, você não tem do que se preocupar, todos saíram para comemorar o aniversário da Adakorin e com ela festejar! Então, hoje é o seu dia, um dia em que você dá mais um passo para novos caminhos e conquistas. Um dia marcante em seu coração. Saiba que você é uma boa parte da minha vida, uma parte de alegrias, de ensinamentos e novos rumos. Significa muito para mim, pois acredito que amizades não precisam de presença constante, mas dos momentos que realmente significam e principalmente saber que essa pessoa estará lá, independente de qualquer coisa, sempre. E até mesmo que sem significado ou desacreditada em qualquer que seja o aspecto, estarei sempre aqui, pois os amigos são assim, são porque são e não importa porque, nem como, pois não precisam provar seus sentimentos. Desejo que seja muito feliz, que busque, conquiste, sorria e que receba sempre o melhor de Deus, pois você merece! Estou muito feliz por ter você por mais um ano na minha vida. Muitos beijos no seu coração!!!!!!!! Feliz Aniversário!

Leise - 04/05/2014

A sua benção Mãe e Padrinho, mais uma vez venho para agradecer, todo carinho e as orações. Que Oxalá derrame sua luz amorosa em todos. Beijos no coração.

Roseli - Amiga de Obaipa e Zyamoju - 25/04/2014

Se você não consegue entender o meu silêncio de nada adiantarão as palavras, pois é no silêncio das minhas palavras que estão todos os meus maiores sentimentos. (Oscar Wilde)

Ajalafandy - 31/03/2014

QUEM FALA MAL DE VOCE TEM 3 COISAS NO CORAÇÃO. VONTADE DE SER VOCE - VONTADE DE TER O QUE VOCE TEM - VONTADE DE FAZER O QUE VOCE FAZ - YASOANG

Yasoang - 18/03/2014

Okolofé Mãe e Pai Parabéns pelo maravilhoso evento III convenção entre os povos Afro descendentes, parabéns inclusive a todos que participaram e que colaboraram. De grão em grão vamos buscando nosso espaço, com garra, perseverança, fidelidade, e acima de tudo com muito Axé que a casa nos proporciona.

Zyamoju - 17/03/2014

"Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho." Mahatma Gandhi

Adakorin - 15/03/2014

Okolofé minha Mãe Jagunlemi, feliz dia das mulheres. Obrigada por ser essa Mãe maravilhosa, Mãe dos nossos Orixás e que cuida com tanto zelo de todos nós. Mulher guerreira e vitoriosa! Obrigada por existir e fazer parte da minha vida e dos meus Orixás. Eu te amo minha Mãe.

Adakorin - 08/03/2014

Ame a todos. Confie em poucos. Não faça mal a ninguém. O segredo não é correr atrás das borboletas.. É cuidar do jardim para que elas venham até você. O Único lugar aonde o sucesso vem antes do trabalho e no dicionário.

Otalende - 06/03/2014

Okolofé minha Mãe e meu Pai Mais uma vez quero agradecer a Deus e a todos os Orixás as benção que derramam sobre mim, a cada grão conquistado, como também a cada grão perdido, pois se ganhamos é porque merecemos e se perdemos é porque não chegou o nosso momento. O nosso momento nunca é o momento de Deus e dos Orixás. Quanto mais eu trabalho mais fico feliz, obrigada....obrigada... por mais uma conquista Okolofé

Zyamoju - 05/03/2014

Kolofé Mãe e Pai, é com muita satisfação, respeito e com uma imensa gratidão que venho aqui registrar o meu muitíssimo obrigada por terem me recebido com tanta atenção, preocupação , cuidado e carinho a mim e a minha família. Estou a pouquíssimo tempo no ilê de pai Omolu mas a benção de lá é grandiosamente maravilhosa, poder chegar ali e sentir a presença de todos os orixás em santa paz é como se a cada momento eu fosse me renovando e resgatando todas as vibrações positivas que são perdidas ao longo do meu dia , me sinto totalmente abençoada por NUNCA ter desistido de encontrar um lugar que pudesse me orientar a cuidar e amar de todos que me acompanham de uma forma tão transparente e seria. Queria também registrar a minha grande admiração e gratidão pela Joice e pela Michele por terem me ajudado com tanta dedicação, paciência e carinho durante minha Obrigação, sem duvidas são mulheres guerreiras e de uma bondade sem tamanho.

Natália Lima - 03/03/2014

Okolofé, Mãe, Pai, Aos Orixás, e aos mais velhos.... Há algum tempo não deixo nenhuma mensagem, ou até mesmo nenhum depoimento neste mural, não o fiz, não porque não tinha o que dizer ou o que agradecer, não o fiz por relapso meu mesmo, quero deixar aqui os meus agradecimentos ao Meu Pai Omolu, Minha Mãe Yansa, Meu Pai Oxossi, Minha Mãe Jagulemi , Meu Pai Alaodé, e a todos os Orixás e irmãos, por tudo em minha vida. A cada dia que passa aprendo com cada um de vocês, obrigada por existirem na minha vida. okolofé

Zyamoju - 24/02/2014

O Ritual do Olorogun, uma tradição centenária você já ouviu falar? Durante o período da quaresma (calendário católico), muitas das antigas Casas de Candomblé da Bahia, interrompem suas funções, retomando suas atividades religiosas, somente no sábado de Aleluia. O Ritual, em suma, acontece logo após o carnaval, em uma cerimônia em que todos os filhos de santo da casa, vestidos de branco, dançam ao som do Adahun (toque que tem por objetivo evocar os Òrìsàs à terra). Logo que todos os Òrìsàs se apresentam, os mesmos se recolhem para serem devidamente paramentados com suas vestes litúrgicas. Na volta, os Òrìsàs retornam em dois grupos distintos (grupos “rivais”), carregando uma folha de Peregun na mão, sendo que na cabeça, os Òrìsàs usam somente uma rodilha (cada grupo de uma cor). Os dois grupos de Òrìsàs simulam uma guerra (Olorogun). No final da cerimônia, cada Òrìsà que está liderando um grupo, parte com uma Vara de Atori, que em sua extremidade leva um pequeno Apo (saco contendo elementos sagrados). Após a finalização da cerimônia, a casa interrompe todas as suas atividades religiosas, sendo retomadas somente no sábado de aleluia. Os antigos comentam que nesse período, os Òrìsàs que habitam as terras Brasileiras, vão até sua terra de origem, na África, para novamente absorver as energias que os originaram e para lutar. Ao longo de todo esse período, os Òrìsàs de filhas iniciadas nessas casas, não manifestam em seus Ori. É importante destacar que na África, havia períodos em que havia o resguardo de manifestação dos Òrìsàs e de atividades religiosas. Sobre isso, podemos recordar da passagem de Ògún, que após anos fora, ao chegar à sua cidade de Irê, ninguém o reverenciou, despertando sua ira. Após o ocorrido, quando o Pai de Ògún chegou e viu a destruição que seu filho havia feito, indagou o que havia acontecido. Ògún, de pronto respondeu que fizera tudo aquilo, pois ninguém o reverenciou. Ògún logo fora advertido, sendo informado por seu Pai que, todos estavam em resguardo religioso, não podendo lhe prestar homenagens. Assim sendo, seja pelo Olorogun ou não, os Antigos Terreiros de Candomblé da Bahia, realizam um período de resguardo religioso. Há casas em que, por exemplo, esse período é de 7 dias e, em épocas distintas da quaresma. Historicamente, acreditamos que o período da quaresma, foi escolhido por essas casas, em função das constantes perseguições que as mesmas sofriam. É importante recordarmos que, o sincretismo religioso foi o único modo que muitas casas encontraram para sobreviver a repressão, sendo que, quando os polícias iam terminar com as festividades, aqueles antigos mencionavam estar cultuando os santos da igreja católica e não Deuses Africanos. Nesse sentido, qual seria o argumento se à polícia fosse destruir um Candomblé, tocando na quaresma – período em que a igreja católica se resguarda? Dessa forma, cremos que, não há sincretismo acerca do Olorogun, vez que muitos dos rituais que ocorrem, remetem-nos às passagens míticas dos Òrìsàs. É um belo ritual, cercado de mistérios e liturgia. No entanto, o período escolhido (quaresma) se deve à contundente perseguição que o Candomblé sofria. Hoje, é muito fácil recriminar e julgar, mas rituais como esses, ainda que não praticado no Terreiro de Òsùmàrè, contribuíram de forma decisiva para que o Candomblé chegasse até os dias de hoje no Brasil. Terreiro de Òsùmàrè

Adakorin - 24/02/2014

As Roupas no Candomblé Preocupados com a perpetuação sobre o vestuário dos praticantes do Candomblé, bem como dos nossos Òrìsàs, o Terreiro Ilé Òsùmàrè Asè Ogodo, vem por meio deste veículo, esclarecer alguns pontos, tendo como princípio a cultura que nos foi passada, ao longo de mais de um século de tradição. Percebemos que o complexo código de ética relacionado às vestes dos praticantes do Candomblé, está sendo diariamente infringido, expondo a nossa religiosidade de forma profana em meio à sociedade. Dessa forma, esse artigo tem por objetivo, dirimir dúvidas de pessoas que não tiveram o acesso à informação e, também expor a opinião do Asè Òsùmàrè sobre esse importante aspecto da nossa religiosidade. Desatentos às hierarquias das indumentárias e vestimentas do Candomblé, muitos participantes (talvez pela falta de conhecimento) estão desrespeitando, não somente os seus mais velhos, mas também as nossas Divindades. Isso ocorre, principalmente, com a chamada "carnavalização" dos tradicionais paramentos dos Òrìsàs. A situação vem se agravando, ao ponto de recriarem os trajes, implantando assim, uma nova maneira de vestir os Òrìsàs e seus filhos, ignorando a tradições centenárias, originarias de uma Religião milenar e, desrespeitando, de forma muito preocupante, a essência de cada Òrìsà. Com o cuidado de não ditar ou impor um código vestuário, apontaremos abaixo, apenas algumas violações (as mais recorrentes) que comprometem as tradições do Candomblé, descaracterizando de forma muito triste a nossa religião, bem como, algumas recomendações da nossa Casa. ÌYÁWÓ MOKAN: Uso indispensável IKAN: Uso Indispensável DILOGUN: Uso Indispensável: “LAÇINHO” e “GRAVATINHA” ACIMA DO PANO DE COSTAS: Uso Indispensável ROUPA DE SIRE: Até completar um ano de iniciada, deve-se dançar Sire de branco; ÌYÁWÓ DO SEXO MASCULINO CALÇA DE RAÇÃO (NÃO É TOLERAVEL JEANS, BERMUDA, ETC.) CAMISA DE RAÇÃO (NÃO É TOLERAVEL CAMISA DE CRIOULA – USO EXCLUSIVO PARA MULHERES, Também não se usa camiseta); ÉKÉTÉ: – NÃO É TOLERAVEL O USO PANO DE CABEÇA – À exceção do recebimento de Asè, em Oro); OGÁ (OGAN): CALÇA DE RAÇÃO (NÃO É TOLERAVEL JEANS, BERMUDA, ETC.) CAMISA DE RAÇÃO (NÃO É TOLERAVEL CAMISA DE CRIOULA – USO EXCLUSIVO PARA MULHERES, também não se usa camiseta); ÉKÉTÉ, CHAPÉU OU BOINA (NÃO É TOLERAVEL O USO PANO DE CABEÇA – À exceção do recebimento de Asè, em Oro); EKEJI (EKEDE): SAIA: Ekeji não usa saia com anáguas de baiana; TOALHINHA: A cada dia é mais raro vermos uma Ekeji com uma toalhinha para “enxugar” o Òrìsà. ADES, COROAS E PARAMENTAS DE ÒRÌSÀS: DISCERNIMENTO E COERÊNCIA: Deve-se ter coerência ao vestir os Òrìsàs (Nossos deuses são elementos da natureza, que utilizam representações da natureza, POR ISSO NÃO DEVEM SER CARNAVALIZADOS); MÁSCARAS: É inadmissível a utilização de máscaras na confecção da Roupa dos Òrìsàs; ALTURA DOS ADES: Deve se ter discernimento, coroas são coroas e não paramentos carnavalescos gigantescos; ÒSÀLÁ: ÒSÀLÁ SÓ USA BRANCO. Esse é um Òrìsà Fúnfún, não admite prata ou “azul clarinho” PENAS.: Nossa religião é tribal, mas não indígena, a utilização de penas na confecção das roupas dos Òrìsàs deve ser ponderada e não excessiva; SÀNGÓ: Não tolera roupas roxa ou preta; ÀSÈSÈ: HOMENS: Calça, Camisa de Ração (brancos) e Ékété; MULHERES: Saia de ração e camisa de crioula (brancas); PROÍBIDO: Brilho, Bordados, Vazados e Roupas Coloridas; BATA: QUEM PODE USAR: A utilização da bata é restrita as autoridades femininas da Casa (autoridade máxima, Ìyálásè, Ìyákekère, Ìyámaye, etc. - Se todas as Ègbón usarem batas, será impossível distinguir as autoridades); CUMPRIMENTO: Bata é Bata e não vestido! Um ditado tradicional nos Candomblés da Bahia diz: Quanto Maior a Bata, Maior a Ignorância da Ègbón; PANO DE CABEÇAS: QUEM PODE USAR: A utilização do Pano de Cabeça é restrita às mulheres (o Babalòrìsà “em sua casa” tem a autonomia de optar ou não pelo uso. O pano de cabeça, poderá ainda ser utilizado por homens, em obrigações internas em que o mesmo está “recebendo asè, como por exemplo Bori”); ABAS: As abas do Pano de Cabeça, estão relacionadas ao Òrìsà da filha de Santo e a sua idade de santo (se seu Òrìsà for Oboro – masculino, você não poderá usar duas abas, sendo que essa ficou para as filhas de santo, que possuem Òrìsàs Ayabas – femininos); ALTURA DO PANO: Deve-se ter discernimento ao usar o Pano de Cabeças. O pano de Cabeças não é turbante com diversas voltas e de altura desmedida; Seu pano de cabeça também não pode ser maior do que o da sua Ìyálòrìsà; PANO DE COSTAS: QUEM PODE USAR: A utilização do Pano de Costas é restrito às mulheres. UTILIZAÇÃO: O pano da costa deve ser colocado na altura dos seios (somente as autoridades quando estão trajadas de Bata, podem usar o pano na cintura); USO TRASVERSAL DO PANO POR HOMENS: Indevido, à exceção das festividades do Pilão e durante o Pilão de Òsògíyàn; FIOS DE CONTA.: AFRICANOS/CORAIS/PEDRAS: de uso exclusivo para autoridades do Candomblé e as pessoas com obrigação de sete anos (obrigações arriadas); BOLAS DE PLÁSTICO: Não pertencem ao Candomblé; SAIAS: QUEM USA: Uso restrito à mulheres (homem não usa saias, mesmo se seu Òrìsà seja ayaba); CUMPRIMENTO: A saia deve ser longa, cobrindo o calçolão (o uso de saieta é cabível somente para Òrìsàs masculinos – em mulheres); ROUPAS BRILHOSAS E BORDADOS: ROUPAS BRILHOSAS: A utilização de roupas com muito brilho está condicionada ao Òrìsà e à determinados Òrìsàs (existem roupas para dançar o Sìré e roupas para vestir os Òrìsàs, sendo que alguns também não toleram o brilho); BORDADOS: As roupas bordadas como Rechilieu, Asa de Mosca, Roda de Quiabo e panos mais elaborados, são de uso exclusivo para autoridades e pessoas com obrigação de sete anos arriada; BRINCOS E PULSERIAS: Ìyáwò de Òrìsà Oboro (Santo Masculino), não deve usar brincos e/ou pulseiras. A Casa de Òsùmàrè, pede que as pessoas reflitam sobre a essência de nossa ancestralidade, os Òrìsàs. Uma Ìyáwò aguardar a conclusão de suas obrigações, para a utilização de determinadas vestes, não a coloca inferior à ninguém, muito pelo contrário, mostra somente sua resignação por um determinado período, em obediência às regras do Candomblé pelo seu Òrìsà. O cumprimento desses interditos, confere ainda mais valor à obrigação de sete anos, em que a então ìyáwò, poderá utilizar-se de outras indumentárias, estando desta forma, em outra fase de sua missão religiosa (torando-se uma ègbón). No Candomblé, todos os passos são galgados, assim como na vida, afinal, a criança não nasce andando, existe um processo de aprendizagem. Uma mãe preservadora resguarda sua filha das maquiagens até a idade certa, etc. Assim é o Candomblé. Um Ogá não pode se sentir desprezado por não vestir-se como um Babalòrìsà, ele sim, deve se sentir orgulhoso em pode estar preservando a cultura dos antigos Ogá. Um Oga vestido com Ogá, é facilmente identificado em meio a multidão. O mesmo se aplica aos Babalòrìsàs, que não podem almejar as vestes femininas, pois nesse caso, ao invés de mostrar poder e distinção, evidência sua falta de conhecimento sobre a liturgia de cada elemento utilizado. A Casa de Òsùmàrè, não tem a intenção de ditar regras, mas sim, expor seus costumes, aprendidos ao longo de gerações, divulgado e esclarecendo muitas pessoas que jamais foram orientadas sobre como se vestir no Candomblé e por isso, cometem tantos erros. Atenciosamente, Casa de Òsùmàrè

Adakorin - 22/02/2014

As vezes na vida seguimos caminhos diferente s por escolhas que nos mesmo fizemos, as vezes essas escolhas nos levam a beira do abismo.....ai olhamos para trás e vemos onde erramos lembramos de conselhos e avisos d amigos ,guias e pessoas que com a benção de deus tem o dom guiado pelos orixás de nos ajuda nessa vida espiritual muitas vezes tao difícil de entender.....ai vem o tempo de recomeçar de tentar corrigi os erros do passado de junta os cacos e modelar o vaso quebrado..... venho hoje através dessa pagina vos dizer q nem sempre da para recomeçar e q temos q valorizar as chances q a vida nos da ....porque a vida sempre nos guia por caminhos certo nos que nos desviamos dele......obrigada mãe Conceição e Pai Mauricio por abri as portas da sua casa para min e mais uma vez desejo que Deus e os Orixás abençoe cada vez mas as suas vidas.

Sarah Cavalcante Andrade - 13/02/2014

Apesar de todas as complicações e dificuldades que possam existir, a família é um bem precioso. E não falo só da biológica, mas também daquela composta pelos amigos, com quem, às vezes, temos laços ainda mais profundos.

Yasoang - 06/02/2014

FELIZ ANIVERSÁRIO Yá Mazany, Que Mãe IEMANJÁ lhe cubra com o manto sagrado das ondas mar e Ogum abençoe seu caminho e lhe traga paz, luz, prosperidade e saúde.Axé! Odoyá!

Adakorin - 01/02/2014

Mãe Jagunlemi e Pai Alaodé.... Estamos a pouco nesta casa abençoada que é o Ilê de Pai Omulu, mas ja tenho muito o que agradecer. 1º por ter recebido a mim e minha família de braços abertos (mesmo sabendo de onde nós viemos, como viemos e da forma que chegamos), 2º por ter cuidado com tanta dedicação e zelo de nossos Orixás e de nossa cabeça confusa (tenho que declarar que quando cheguei não sabia mais nem quem eu era, nem o que fazer,simplesmente queria desistir de TUDO), E EM 3º E MAIS IMPORTANTE: FOI NA CASA DE PAI OMULU E POR INTERMÉDIO DE MÃE JAGUNLEMI, QUE TIVE O MAIOR LIVRAMENTO DE MINHA VIDA. Minha MÃE (rsrsrs agora consigo sem duvidas dizer mãe), a Sra. me alertou sobre meus filhos lembra??? Pois então ainda não tive oportunidade de lhe agradecer e queria que ficasse aqui exposto minha gratidão. Se não fosse os seus conselhos, começaria o ano de 2014 com a provável morte de meus 3 filhos, com o incêndio ocorrido na minha casa. Hoje estaria sem meus anjos, meus amores, sem a grande razão da minha vida. Devo agradecer também ao meu Pai Ogum e ao Pai Omulu sempre, e a Sra. e o Ilê de Pai Omulu Jagum. MUITO OBRIGADO MESMO. Queria aqui tbm aproveitar e agradecer a Oyasizun pela dedicação e paciência com as crianças, comigo e Elias naquele dia de obrigação: "Quem a boca do meus filhos enche a minha adoça...", VOCÊ É UMA GRANDE MULHER.

Juliana - 29/01/2014

Seu corpo ouve tudo o que sua mente diz. Compreender a dinâmica das experiências mentais auxilia-nos a lidar melhor com esse complexo mecanismo do pensar. Formular pensamentos, ter consciência de nossa lucidez e manipular a capacidade de escolher e de dar importância são os maiores atributos da raça humana. Podemos comparar a mente a um grandioso e sofisticado computador que temos ao nosso inteiro dispor. Como qualquer aparelho de altíssima tecnologia, precisamos conhecer seu manual de funcionamento. O mesmo se aplica ao universo psíquico. E importante conhecer os mecanismos que compõem a mente, para podermos manipular a capacidade criativa em nosso benefício. Somos um sofisticado sistema de captação e produção de energias vivificadoras, e a mente canaliza e direciona essas energias vitais, criando a atmosfera energética que influencia a realidade, e estas se moldam de acordo com as nossas crenças. As crenças podem se originar dos valores morais ou religiosos que nos são passados pela educação ou formulados através de nossas próprias experiências. Elas representam as certezas interiores ou aquilo que tomamos como verdadeiro para nós. Na maioria das vezes são adotadas sem nenhum critério seletivo, não questionamos se esses valores ainda servem para a realidade atual, por isso eles são falsos valores. Porém aqueles que são formulados como resultado de nossas vivências são mais realistas, por isso nós os consideramos valores verdadeiros. As crenças estabelecidas ao longo de sua existência determinam a maneira como você encara os fatos da vida e servem de base para a escolha de como você deve reagir e se comportar. Para cada pensamento teremos uma reação em nosso sistema ou uma sensação. Assim eles também determinam a qualidade de bem ou mal-estar de seu dia-a-dia. De uma certa forma nossas crenças moldam a realidade, reproduzindo no ambiente externo aquilo que concebemos interiormente. Se você acredita no bem, terá bons pensamentos, consequentemente sua vida seguirá por um curso harmonioso. Já aqueles que acreditam no mal são maliciosos, veem maldade em tudo, acabando por atrair episódios ruins. Ser otimista é pensar nas perspectivas favoráveis de uma situação, enquanto ser pessimista é nutrir pensamentos negativos e dar muita importância aos obstáculos. A mente é comandada por você, por seu livre-arbítrio. De modo geral, aquilo que se pensa sobre si mesmo e sobre a vida determina a realidade à sua volta. Nutrir ideias de inferioridade o faz sentir-se imperfeito. Essa postura criará um cenário desolador, onde você será o protagonista. Para que a condição interna se torne realidade, é necessário crer de forma total, visceral, apaixonadamente ou a corporificar tais ideias. Não adianta só desejar, é necessário sentir para que se torne real, caso contrário, mesmo querendo ter bons resultados, se os pensamentos não forem fortes o suficiente para impressionar e para se imprimir em nosso sistema, os resultados não serão alcançados. Todos aspiram a alcançar seus objetivos na vida, mas isso não é suficiente por si só. Para obter sucesso é preciso sentir-se no direito de usufruir os privilégios de ser bem-sucedido. Não basta almejar um bom emprego ou fazer bons negócios, é preciso sentir-se em condições de ser contratado e merecedor da oportunidade profissional. É preciso ter isso implantado em seu sistema, de forma que pareça ser completamente natural. A força do pensamento atua tanto nas funções biológicas do corpo como no ambiente ao redor. Alguns exemplos corriqueiros tornam isso mais explícito, como pensar em comida e sentir fome, ou imaginar que algo é ameaçador e sentir medo, esse estado produz no corpo a adrenalina que estimula as funções biológicas deixando-o em alerta. Em relação à atuação da mente no exterior, observam-se os seguintes exemplos: ter medo de determinados insetos e frequentemente deparar com os mesmos, pensar que algo pode dar errado e não conseguir realizar aquela atividade. Antigamente acreditava-se que a mente era restrita ao nosso mundo interior. Considerava-se que ela se limitava ao cérebro. Desse modo, sua atuação era puramente interna, não exercendo nenhuma influência no exterior. Essa visão é baseada no conceito de que o poder do homem obedece a uma sequência predeterminada: pensar, mover o corpo e com isso promover reações no mundo. Afirmavam os antigos estudiosos do comportamento humano que somos um ser constituído por partes isoladas que se interligam pelas funções, como o mecanismo de um carro ou de outra máquina qualquer. Assim, eles falavam de mente, emoção, sentimento, corpo, alma, como partes de uma máquina biológica. Atualmente essas noções estão ultrapassadas. Os cientistas afirmam que não existe nada individualizado no homem, que tudo é um conjunto integrado. Assim, somos sentimentos, emoções, espírito, neurônios e o corpo inteiro. Na visão metafísica, isso se estende também ao ambiente, às pessoas ao redor e ao Universo. Portanto, o que é considerado mente na verdade são atributos naturais e não possuem fim ou começo. As concepções mentais são capazes de abranger todo o universo, podendo exercer algum tipo de influência nele.

Adakorin - 27/01/2014

Por que conhecer a história da África? A resposta a essa questão nos coloca, primeiramente, diante da importância de constituir outro olhar sobre a história da humanidade e a história do Brasil. Esse novo olhar sobre a trajetória das sociedades humanas deve buscar uma perspectiva menos eurocêntrica e a inclusão de novos espaços e sujeitos no mapa da história. Reconhecer a presença africana amplia a nossa concepção de mundo e permite perceber aspectos das relações entre povos e regiões do planeta ao longo do tempo por nós ainda pouco conhecidos e compreendidos. Tal aprendizado ilumina nosso entendimento sobre processos históricos e dinâmicas sociais que a negação secular da história africana nos currículos escolares e universitários no Brasil nos levou a não perceber e, por consequência, interpretar de forma equivocada. Em diversos momentos da história, povos da África, em suas relações internas ou com outros povos, estiveram diretamente envolvidos em transformações que alteraram profundamente a vida no nosso planeta. Desde o surgimento da humanidade, com as migrações que povoaram o mundo e as novas relações com o ambiente delas surgidas, à criação de instrumentos que mudaram as formas de sobrevivência e a constituição das primeiras instituições gregárias das sociedades humanas, os povos africanos foram protagonistas de grandes transformações na história. Na Antiguidade, a força e o fausto do Egito africano e sua relação com o interior do continente, sobretudo com os reinos da Núbia, e, mais tarde, toda a importância da cidade de Cartago, que disputou com Roma o espaço do mar Mediterrâneo. Na costa oriental africana, as caravelas que cruzavam o Índico ligavam esse litoral ao golfo Pérsico, à Índia e à China, além das ilhas da Indonésia, a partir do século V, aproximadamente. Um ativo comércio conectava os africanos com povos de diferentes regiões, nesse movimentado mar oriental, muito antes de ali aportarem os portugueses. Aliança e resistência na América Na chamada Época Moderna, os africanos foram envolvidos o mais longo e intenso processo e migração forçada da história do mundo, cruzando, nos chamados navios negreiros, as novas rotas atlânticas que os europeus criaram. E, se as Américas se constituíram a partir das relações estabelecidas entre europeus, povos indígenas e africanos escravizados, da mesma forma, o mundo atlântico, como espaço de intercâmbios de mercadorias, tecnologias e ideias, teve na sua formação a participação fundamental dos nativos da África. Nas alianças e resistências, africanos e africanas estiveram nessa história de forma ativa, para além do sofrimento nos porões dos tumbeiros. Na criação de quilombos e rebeliões escravas que iam do Caribe ao sul dos Estados Unidos até a Bahia, passando por muitos espaços nas Américas Negras, africanos contribuiriam para o fim do tráfico escravista e da escravidão. Na primeira metade do século XX, ainda no espaço do mundo ocidental, a África se tornou espaço de importantes conflitos de abrangência internacional e de um novo tipo de dominação colonial. Nesse processo seus habitantes participaram, por meio de iniciativas e ações, resistindo, questionando e criando, através das relações de poder e seus desdobramentos internos, um novo mapa político para o continente. E, na segunda metade do século, a partir de transformações internas, mas conectados a uma conjuntura externa, conduziram lutas pela independência que trouxeram novos atores ao cenário internacional no conjunto de países, alterando de forma significativa as relações internacionais. Mônica Lima e Souza é professora de história da África e coordenadora do Laboratório de Estudos África. Fonte: http://www.geledes.org.br/areas-de-atuacao/educacao/lei-10-639-03-e-outras/22702-por-que-conhecer-a-historia-da-africa

Adakorin - 11/01/2014

Um punhado de sal "O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d'água e bebesse. - Qual é o gosto? - perguntou o Mestre. - Ruim. - disse o jovem sem pensar duas vezes. O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse junto com ele ao lago. Os dois caminharam em silêncio, e quando chegaram lá o mestre mandou que o jovem jogasse o sal no lago. O jovem então fez como o mestre disse. Logo após o velho disse: - Beba um pouco dessa água. O jovem assim o fez e enquanto a água escorria do queixo do jovem o Mestre perguntou: - Qual é o gosto? - Bom! - o jovem disse sem pestanejar. - Você sente o gosto do sal? - perguntou o Mestre. - Não. - disse o jovem. O Mestre então sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse: - A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta. É dar mais valor ao que você tem em detrimento ao que ao que você perdeu. Em outras palavras: É deixar de ser copo, para tornar-se um Lago.". Um punhado de sal "O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d'água e bebesse. - Qual é o gosto? - perguntou o Mestre. - Ruim. - disse o jovem sem pensar duas vezes. O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse junto com ele ao lago. Os dois caminharam em silêncio, e quando chegaram lá o mestre mandou que o jovem jogasse o sal no lago. O jovem então fez como o mestre disse. Logo após o velho disse: - Beba um pouco dessa água. O jovem assim o fez e enquanto a água escorria do queixo do jovem o Mestre perguntou: - Qual é o gosto? - Bom! - o jovem disse sem pestanejar. - Você sente o gosto do sal? - perguntou o Mestre. - Não. - disse o jovem. O Mestre então sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse: - A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta. É dar mais valor ao que você tem em detrimento ao que ao que você perdeu. Em outras palavras: É deixar de ser copo, para tornar-se um Lago."

Adakorin - 08/01/2014

Cinco Lições de Ouro 1ª – Meu tempo na religião pode ser maior que o seu, mas isso não quer dizer que meu Orixá seja maior. 2ª – Fofoca precisa ser podada, e se ela se enraizar, é melhor perder a árvore, pois se ela crescer, certamente criará um sombra tão grande, que matará as demais. 3ª – Na função de Orixá, todo mundo é filho de santo, não interessa o que você está fazendo, desde que seja em pról do seu santo. 4ª – A hierarquia existe para organizar o culto, e não para coagir, humilhar ou maltratar ninguém. 5ª – Todos tem espaço garantido na casa de candomblé, contudo é necessário conquistá-lo, só assim você aprenderá o que é ser do axé.

Adakorin - 04/01/2014

E quando não tiver mais para onde ir... Quando se sentir perdido (a)... E sem chão... Quando mais nada parece dar certo... No dia em que o (a) senhor (a) pensar em jogar tudo pro ar... Lembre-se de que o (a) senhor (a) tem um orixá... E ele nunca irá te deixar cair... Lembre-se que o (a) senhor (a) tem um ilê... E lá sempre será sua segunda casa... E seu refúgio... Lembre-se que o (a) senhor (a) pode perder tudo... Mais lute pra nunca perder a fé... Pois ela move montanhas... Orá yeo yeo OXUM...!!! Okê OXOSSI...!!!

kátia wanda da silva ferrreira - 01/01/2014

Senhores. Axé para todos. Quero parabeniza-los por essa maravilho que vi no site, parabéns. UM FELIZ ANO NOVO PARA NOSSOS IRMÃOS.SAUDADES DE NOSSO POVO DAI.!!!! AXÉ AJAGUNAN

AJAGUNAN - 01/01/2014

O Respeito ao Òrìsà. A presença física do Òrìsà, por meio da incorporação, é algo muito importante e sagrado. É fundamental que não nos esqueçamos de que, aquela Divindade que está presente em um Terreiro, dançando e abraçando as pessoas, é a mesma Divindade para a qual realizamos sacrifícios, oferendas e, que muitas vezes, pedimos ajuda para que tenhamos sucesso, paz, harmonia e tranquilidade. É a mesma Divindade para a qual fomos iniciados, a mesma Divindade que nos encantamos ao conhecermos suas histórias e características. Assim sendo, é fundamental tratarmos esses Òrìsàs como Deuses que são. Gestos simples, como prosternar-se ou abaixar-se diante do Òrìsà que irá lhe abraçar, não demonstra educação de Asè, demonstra sim, respeito por aqueles que verdadeiramente movem a nossa religião. As Ekeji possuem um papel de fundamental importância quando o Òrìsà está presente fisicamente. As Ekeji cuidam e zelam pelos Deuses, enxugam, arrumam os adereços de suas vestes, etc. Mas esse carinho e atenção, todos devem ter. Pois os Òrìsàs são os grandes chefes do Candomblé. Mas o respeito é algo que deve existir mesmo quando não demonstrado. Algumas pessoas, desprovidas de fé, possuem o costume de dizer (ou imaginar) que uma determinada pessoa está de "Eke", ou seja, fingindo a possessão. Isso é algo lamentável e deve ser reprimido. Devemos respeitar todas as Divindades que estão presentes e, jamais, desconfiar. Há também, pessoas que só acreditam nos Òrìsàs de "pé lavados", ou seja, aqueles que dançam de forma mais harmoniosa. Sobre esses aspecto, todos nós devemos sempre nos lembrar que são Deuses e, Deuses não são julgados, mas sim julgam. Quando for a um Terreiro de Candomblé, lembre-se: "Os Òrìsàs são os Deuses da nossa Religião", por isso, louve-os, aplauda-os, abrace-os, mas, sobretudo, RESPEITE-OS.

Adakorin - 19/12/2013

Bill Gates foi convidado por uma escola secundária para uma palestra. Chegou de helicóptero, tirou o papel do bolso onde havia escrito onze itens. Leu tudo em menos de 5 minutos, foi aplaudido por mais de 10 minutos sem parar, agradeceu e foi embora em seu helicóptero. O que estava escrito é muito interessante, leiam: 1. A vida não é fácil — acostume-se com isso. 2. O mundo não está preocupado com a sua auto-estima. O mundo espera que você faça alguma coisa útil por ele ANTES de sentir-se bem com você mesmo. 3. Você não ganhará R$20.000 por mês assim que sair da escola. Você não será vice-presidente de uma empresa com carro e telefone à disposição antes que você tenha conseguido comprar seu próprio carro e telefone. 4. Se você acha seu professor rude, espere até ter um chefe. Ele não terá pena de você. 5. Vender jornal velho ou trabalhar durante as férias não está abaixo da sua posição social. Seus avós têm uma palavra diferente para isso: eles chamam de oportunidade. 6. Se você fracassar, não é culpa de seus pais. Então não lamente seus erros, aprenda com eles. 7. Antes de você nascer, seus pais não eram tão críticos como agora. Eles só ficaram assim por pagar as suas contas, lavar suas roupas e ouvir você dizer que eles são “ridículos”. Então antes de salvar o planeta para a próxima geração querendo consertar os erros da geração dos seus pais, tente limpar seu próprio quarto. 8. Sua escola pode ter eliminado a distinção entre vencedores e perdedores, mas a vida não é assim. Em algumas escolas você não repete mais de ano e tem quantas chances precisar até acertar. Isto não se parece com absolutamente NADA na vida real. Se pisar na bola, está despedido… RUA!!! Faça certo da primeira vez! 9. A vida não é dividida em semestres. Você não terá sempre os verões livres e é pouco provável que outros empregados o ajudem a cumprir suas tarefas no fim de cada período. 10. Televisão NÃO é vida real. Na vida real, as pessoas têm que deixar o barzinho ou a boate e ir trabalhar. 11. Seja legal com os CDFs (aqueles estudantes que os demais julgam que são uns babacas). Existe uma grande probabilidade de você vir a trabalhar PARA um deles."

Adakorin - 04/12/2013

Mas não se pode absolutamente excluir um povo da história nem impedi-lo de viver sua história e, consequentemente, de contá-la a si mesmo, por tê-la vivido na própria carne. Boubacar Barry

Adakorin - 29/11/2013

A capacidade de se colocar no lugar do outro é uma das funções mais importantes da inteligência. Demonstra o grau de maturidade do ser humano.

Otalendê - 25/11/2013

A boca fala o que quer, mas na real, são as atitudes que provam e confirmam quem realmente somos. Não acredite em algo só porque ouviu falar... “As pessoas são aquilo que fazem, não aquilo que dizem”.

Otalendê - 14/11/2013

Porque os Guias , estalam os dedos ? Poucos médiuns sabem o real sentido do guia estalar os dedos, seja em seu ponto ou durante o passe, pois bem ai vai a explicação: Nossas mãos possuem uma quantidade enorme de terminais nervosos, que se comunicam com cada um dos chacras de nosso corpo. Quando o guia estala os dedos ele está ativando um ponto chamado MONTE DE VÊNUS, localizado na palma da mão perto do polegar (parte gordinha da mão) que se liga ao chácra frontal trazendo melhor controle e raciocínio sobre as emoções com isso liberando uma poderosa carga energética como bombas astrais além da descarga de energias negativas ao redor. O ato de friccionar os dedos através dos estalar de dedos, ativa a rotação dos vórtices gerando equilíbrio na frequência energética. A manipulação destes estalar tem a variação compatível com o fluxo energético natural do corpo, ou seja, com a mão esquerda são manipuladas as energias negativas através da atração da polaridade (esquerda, negativa) dissolvendo energias condensadas e negativas presentes no campo aurico e com a mão direita são feitas manipulações energéticas de polaridade positiva reenergizando, curando, equilibrando e potencializando o campo energético.

Adakorin - 07/11/2013

É ter forças para voltar atrás, pedir perdão, refazer o caminho, agradecer... Ter paz é admitir a própria imperfeição e reconhecer os medos, as fraquezas, as carências... A paz que hoje trago em meu peito é a tranqüilidade de aceitar os outros como são, e a disposição para mudar as próprias imperfeições. É a humildade para reconhecer que não sei tudo e aprender até com os insetos... É a vontade de dividir o pouco que tenho e não me aprisionar ao que não possuo. É melhorar o que está ao meu alcance, aceitar o que não pode ser mudado e ter lucidez para distinguir uma coisa da outra. É admitir que nem sempre tenho razão e, mesmo que tenha, não brigar por ela. A paz que hoje trago em meu peito é a confiança naquele que criou e governa o mundo... A certeza da vida futura e a convicção de que receberei, das leis soberanas da vida, o que a elas tiver oferecido. ..................... Às vezes, para manter a paz que hoje mora em teu peito, é preciso usar um poderoso aliado chamado silêncio. Lembra-te de usar o silêncio quando ouvir palavras infelizes. Quando alguém está irritado. Quando a maledicência te procura. Quando a ofensa te golpeia. Quando alguém se encoleriza. Quando a crítica te fere. Quando escutas uma calúnia. Quando a ignorância te acusa. Quando o orgulho te humilha. Quando a vaidade te provoca. O silêncio é a gentileza do perdão que se cala e espera o tempo, por isso é uma poderosa ferramenta para construir e manter a paz.

Otalendê - 05/11/2013

NEM TUDO QUE VOCE FIZER PELOS OUTROS, OS OUTROS FARÃO POR VOCE

Yasoang - 05/11/2013

“O que é o Inimigo”? Eu mesmo. Minha ignorância, meu apego, meus ódios! Ai “esta realmente o Inimigo”.

Otalendê - 04/11/2013

“ Não importa qual seja a verdade as pessoas veem o que querem ver..”

Otalendê - 04/11/2013

Vá firme na direção da sua meta...porque o pensamento cria...o desejo atraí e a fé realiza.

Yasoang - 14/10/2013

''Humildade na Umbanda'' Acho sempre esse tema muito vasto, principalmente quando se trata de postura no Terreiro, pensei em fazer este post quando lembrei de uma situação que aconteceu com uma umbandista. Quando ela começou na Umbanda era extremamente curiosa e muito empolgada. No terreiro no qual ela frequentava, existiam giras duas vezes na semana, e ela na ânsia de aprender ia a todas. Lá era permitido escolher as entidades que você mais ''gostasse'' e ela sempre escolhia ir com um determinado Preto velho (pois toda semana tinha gira de preto velho). Até que um dia um cambone virou para ela e perguntou com um ar arrogante: — O quê, mas você veio pedir? Ela muito encabulada respondeu: — Nada. Até porque realmente ela não ia em busca de milagres, ela ia por que gostava, porque queria estar lá e tinha um grande apreço pelo Preto. Ela Chorou dias e dias se sentido muito humilhada, pois a forma como cambone falou com ela, tinha um ar de desdém misturado com soberba. Hoje ela acha que aquela situação ocorreu para que ela aprendesse o valor de ser uma pessoa humilde e como podemos julgar e magoar uma pessoa que mal conhecemos. Irmãos... A Umbanda é um livro em branco, assim como a vida somos nós que escrevemos o próximo capitulo, sejamos pessoas mais acessíveis, independente de ser Médium, Cambone, Ogã ou da Assistência, todos temos um papel a ser cumprido junto a espiritualidade. Ser da corrente não te faz melhor, Estar na mesma tenda há 20 anos não te faz melhor. Ter ''AQUELE'' guia não te faz melhor. SOMOS IGUAIS. Ter algumas roupas brancas e uma porção de guias no pescoço não te faz UMBANDISTA. Fazer a caridade sem se perguntar se aquele que a recebe é merecedor, estar com o corpo cansado e mesmo assim doá-lo a caridade, estar sem um real no bolso para a passagem de ônibus e ir para a tenda a pé mesmo essa sendo longe, isso sim te faz Umbandista. Então vamos tentar não confundir muito as coisas. E lembrar sempre: HUMILDADE é a base da evolução Espiritual.

Adakorin - 01/10/2013

Cinco Lições de Ouro 1ª – Meu tempo na religião pode ser maior que o seu, mas isso não quer dizer que meu Orixá seja maior. 2ª – Fofoca precisa ser podada, e se ela se enraizar, é melhor perder a árvore, pois se ela crescer, certamente criará um sombra tão grande, que matará as demais. 3ª – Na função de Orixá, todo mundo é filho de santo, não interessa o que você está fazendo, desde que seja em pról do seu santo. 4ª – A hierarquia existe para organizar o culto, e não para coagir, humilhar ou maltratar ninguém. 5ª – Todos tem espaço garantido na casa de candomblé, contudo é necessário conquistá-lo, só assim você aprenderá o que é ser do axé.

Adakorin - 25/09/2013

Não Permita que o comportamento dos outros tire a sua paz.

Otalendê - 18/09/2013

Você pede benção aos seus irmãos!? O ato de dar e tomar benção, não é apenas um simples gesto que engrandece a alma e o respeito, humilde e de bastante importância, quando praticamos a troca de benção, não estamos apenas “cumprimentando” os nossos mais velhos ou novos, mas acima de tudo, estamos pedindo benção ao Inkis’i/Orisá/Vodun alheio, portanto amigos e irmãos, a troca de benção não é uma VAIDADE e sim a HUMILDADE perante as divindades. Makuiu, Kolofé, Mòtúmbá e Benção a todos, independente de idade ou grau de santo, todos temos um Deus dentro de nós e não somos nem melhores nem piores do que ninguém.

Adakorin - 14/09/2013

Efun Efun é um nome jeje-nago dado a vários tipos de pó, utilizados nos rituais afro brasileiro. É muito mais conhecido pelos leigos e o povo da umbanda como pemba, nomenclatura utilizada pela nação angola. Tipos de efun: Efun ou pemba mineral é um pó retirado de calcário, que são encontrados na natureza em várias cores, também chamada de tabatinga. É utilizado na feitura de santo que serve para pintar o corpo do neófito, chamada de efum fum (pó branco). Efun ou pemba vegetal é um pó retirado de frutos tipo: obi, orobo, aridan, pichurin, nós-moscada e folhas sagradas. A mistura do efun mineral e o efum vegetal recebe o nome de atin e só deve ser preparada pela iyaefun ou iyalorixa. A farinha de mandioca é chamada naturalmente de efun nos terreiros de candomblé. Efun ou pemba animal é um pó retirado de ossos e cartilagens dos animais utilizados em sacrifícios aos orixás. Esta extração deve ser feita pelo axogun ou babalorixá, entrando na preparação de assentamento de orixa. Utilidade principal do efun-funfun Efun (barro branco encontrado no fundo dos rios); foi o primeiro condimento utilizado antes da introdução do Sal. Muito usado em Ebos elaborados para aos Orisa-funfun (Orisa’s dos primórdios). O efun simboliza o Dia, por isso, quando em pó, seja soprado ou friccionado seco é utilizado com o objetivo de expandir, vitalizar, iluminar, clarear, despertar, avivar. Já o Efun molhado com água pura ou com o soro do Igbin é utilizado para acalmar, tranquilizar, adormecer, suavizar, abrandar, repousar, proteger. Por isso que a cabeça do Yawo em reclusão deve permanecer coberta de pó de Efun o Dia, e durante a noite coberta com Waji e pequenas marcas de Efun. Contam as Lendas das Tribos Africanas o seguinte sobre a Pemba: M. Pemba era o nome de uma gentil filha do Soba Li-u-Thab. Poderoso dono de grande região e exercendo a sua autoridade sobre um grande número de tribos. M. Pemba estava destinada a ser conservada virgem para ser oferecida às divindades da tribo, acontece porém que um audaz jovem estrangeiro, conseguiu penetrar nos sertões da África, e enamorou-se perdidamente de M. Pemba. M. Pemba por sua vez, correspondeu fervorosamente a este amor e durante algum tempo gozaram as delícias que estão reservadas aos que se amam. Porém, não há bem que sempre dure, e o Soba poderoso foi sabedor deste amor e então, numa noite de Luar mandou degolar o jovem estrangeiro e tambémque lançassem o seu corpo no Rio Sagrado U SIL, para que os crocodilos o devorassem. Não se pode descrever o desespero de M. Pemba, que como prova da sua dor esfregava todas as manhãs o seu corpo e rosto com o pó extraído dos Montes Brancos Kabanda e à noite, para que seu pai não soubesse dessa sua demonstração de pesar pela morte de seu amante, lavava-se nas margens do rio divino. Assim fez durante algum tempo, porém, um dia as pessoas de sua tribo que sabiam desta paixão e que assistiam ao seu banho, viram com assombro que ela se elevava no espaço ficando em seu lugar uma grande quantidade de massa branca lembrando um tubo. Apavorados, correram a contar ao Soba o que viram, e este, desesperado quis mandar degolar todos, porém, como eles tinham passado o pó deixado por ela no rio, nas suas mãos e corpo, notaram que a cólera do Soba se esvaía tornando-se bom, e não castigando os seus servos. Começou a correr a fama das qualidades milagrosas da massa deixada por M. Pemba e, com o nome simples de Pemba, esta atravessou muitas gerações, chegando até aos nossos dias, prestando grandes benefícios àqueles que dela se têm utilizado.

Adakorin - 12/09/2013

Okolofé, Mãe e Pai e todos meus irmãos, peguei esse texto da internet e achei interessante, vamos ver: leva 2 minutinhos do seu tempo tão corrido para ler o texto abaixo, garanto que não irá se arrepender. Vale muito a pena ler. "Uma ostra que não foi ferida não produz pérolas." Pérolas são produtos da dor; resultados da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra, como um parasita ou grão de areia. Na parte interna da concha é encontrada uma substância lustrosa chamada nácar. Quando um grão de areia a penetra, ás células do nácar começam a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas, para proteger o corpo indefeso da ostra. Como resultado, uma linda pérola vai se formando. Uma ostra que não foi ferida, de modo algum produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada. O mesmo pode acontecer conosco. Se você já sentiu ferido pelas palavras rudes de alguém? Já foi acusado de ter dito coisas que não disse? Suas idéias já foram rejeitadas ou mal interpretadas? Você já sofreu o duro golpe do preconceito? Já recebeu o troco da indiferença? Então, produza uma pérola ! Cubra suas mágoas com várias camadas de AMOR. Infelizmente, são poucas as pessoas que se interessam por esse tipo de movimento. A maioria aprende apenas a cultivar ressentimentos, mágoas, deixando as feridas abertas e alimentando-as com vários tipos de sentimentos pequenos e, portanto, não permitindo que cicatrizem. Assim, na prática, o que vemos são muitas "Ostras Vazias", não porque não tenham sido feridas, mas porque não souberam perdoar, compreender e transformar a dor em amor. Um sorriso, um olhar, um gesto, na maioria das vezes, vale mais do que mil palavras! Okolofé Zyamoju

Zyamoju - 10/09/2013

O Ilê Axé Ijexá Omolu Jagun, não é apenas um templo de práticas religiosas de Matriz Africana é também um espaço de reconstrução familiar de seus descendentes e símbolo de resistência.

Adakorin - 04/09/2013

O Candomblé sobrevive até hoje porque não quer convencer as pessoas sobre uma verdade absoluta, ao contrário da maioria das religiões.

Adakorin - 04/09/2013

É no terreiro de Candomblé que encontramos forças e proteção dos ancestrais. É o espaço sagrado, onde a natureza se faz presente e se personifica na forma dos Orixás.

Adakorin - 04/09/2013

POR QUE XANGÔ COME EM GAMELA? Itán: Xangô é condenado por Oxalá a comer como os escravos Xangô Airá, aquele que se veste de branco, foi um dia às terras do velho Oxalá para leva-lo à festa que faziam em sua cidade. Oxalá era velho e lento, por isso Airá o levava nas costas. Quando se aproximavam do destino, viram a grande pedreira de Xangô, bem perto de seu palácio. Airá levou Oxalufã ao cume, para dali mostrar ao velho amigo todo o seu império e poderio. E foi lá de cima que Airá avistou uma belíssima mulher mexendo sua panela. Era Oyá! Era o amalá do rei que ela preparava! Xangô Airá não resistiu a tamanha tentação. Oyá e amalá! Era demais para sua gulodice, depois de tanto tempo na estrada. Xangô perdeu a cabeça e disparou caminho abaixo, largando Oxalufã em meio as pedras, rolando na poeira, caindo nas valas. Oxalufã se enfureceu com tamanho desrespeito e mandou muitos castigos que atingiram diretamente o povo de Xangô. Xangô muito arrependido, mandou o povo todo trazer água fresca e panos limpos. Ordenou que banhassem e vestissem Oxalá, que aceitou todas as desculpas e apreciou o banquete de caracóis e inhames que, por dias, o povo lhe ofereceu. Mas Oxalá impôs um castigo eterno à Xangô, pois como ele apreciava tanto se fartar de boa comida, nunca mais poderia comer em prato de louça ou porcelana. Nunca mais Xangô poderia comer em alguidar de cerâmica, já que só poderia se alimentar em gamela de pau, como comem os bichos da casa, o gado e como comem os escravos. Fonte: PRANDI. Reginaldo. Mitologia dos Orixás.

Adakorin - 04/09/2013

DEFENDA AQUILO EM QUE VOCE ACREDITA. PROTEJA AQUILO QUE VOCE AMA E JAMAIS TENHA VERGONHA DO QUE VOCE É.

Yasoang - 02/09/2013

Não é o tamanho do turbante, o adjá, o brajá, nem nenhuma outra coisa física que faz um egbomi, ou um Babá/Yálorisá. O dever dos Egbomis no Candomblé é auxiliar seu Babá/Yalorisá nos rituais, é ser um professor para seus irmãos mais novos, é ajudar dentro da casa de santo. Por mais que exista a hierarquia dentro do candomblé, ninguém é melhor do que ninguém. Todo Egbomi já foi Abiã, já foi Yawo, e deve tratar seus mais novos com respeito, pois eles também fazem uma casa de axé! E, por mais que alguns Babálorisás e Yálorisás pensem que seu dever é apenas sentar e ver os outros fazerem coisas para si, isto não é certo. O dever dos zeladores de santo é zelar pelo Orixá de toda e qualquer pessoa que procure sua ajuda. É cuidar da vida espiritual de seus filhos de santo, é guiar seus filhos para o caminho certo, e preparar seus filhos para quando eles forem zeladores/egbomis. Mais uma vez dizendo: Não importa a idade de santo, ninguém é melhor do que ninguém. Usar um turbante de 3 metros não dá a ninguém o direito de se sentir melhor do que os mais novos.

Adakorin - 31/08/2013

Este alerta está colocado na porta de um consultório: A enfermidade é um conflito entre a personalidade e a alma. O resfriado escorre quando o corpo não chora. A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições. O estômago arde quando as raivas não conseguem sair. O diabetes invade quando a solidão dói. O corpo engorda quando a insatisfação aperta. A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam. O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar. A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável. As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas. O peito aperta quando o orgulho escraviza. A pressão sobe quando o medo aprisiona. As neuroses paralisam quando a "criança interna" tiraniza. A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade. Os joelhos doem quando o orgulho não se dobra. O câncer mata quando não se perdoa e/ou cansa de viver. E as dores caladas? Como falam em nosso corpo? A enfermidade não é má, ela avisa quando erramos a direção. O caminho para a felicidade não é reto, existem curvas chamadas Equívocos, existem semáforos chamados Amigos, luzes de precaução chamadas Família, e ajudará muito ter no caminho uma peça de reposição chamada Decisão, um potente motor chamado Amor, um bom seguro chamado Determinação, abundante combustível chamado Paciência. Mas principalmente um maravilhoso Condutor chamado Inteligência.

Adakorin - 31/08/2013

Sou a paz de Oxalá; Os Caminhos de Ogum; O Amor de Oxum; A Justiça de Xangô; A Grandeza do Mar de Iemanjá; A Fartura das Matas de Oxóssi; Os ventos de Iansã; Os Sorrisos da Ibeijada; O Carinho de Nanã; A Cura de Omolu; O balanço dos Marinheiros; A alegria dos Baianos; A Sabedoria dos Pretos Velhos; A Esperteza dos Malandros; A Lealdade dos Ciganos; A Magia dos Exus; O Encantamento da Pomba Gira; Eu sou do Candomblé.

Adakorin - 31/08/2013

O pano da Costa Também conhecido como alaká, pano-de-alaká ou pano-de-cuia, o pano-da-costa é de origem africana e compõe a indumentária da roupa de baiana. Seu uso está intimamente ligado ao âmbito das religiões afro-brasileiras e obedece às cores simbólicas dos orixás. Sua denominação faz referência à costa africana, mais precisamente a ocidental, local de origem dos muitos produtos trazidos para o Brasil, especialmente para o recôncavo baiano. (...) Listrado, liso, estampado ou bordado em richelieu ou renda, é por meio dele que a mulher demonstra sua posição hierárquica na organização sócio-religiosa dos terreiros. (...) Sendo este (pano da costa) presença e distintivo do posicionamento feminino nas comunidades religiosas afro-brasileira, o pano-da-costa, não é apenas um complemento da indumentária da mulher; é a marca do sentido religioso nas ações da mulher como iniciada ou dirigente dos terreiros. O pano-da costa é assim chamado por ter sido um tipo de tecido vindo da costa dos escravos, Costa Mina, Costa do Ouro. (...) A situação do pano-da-costa é de maior importância, se colocarmos a presença da mulher como símbolo do poder sócio religioso e arquétipo dos valores mágicos da fertilidade, isso motivado pelas formas anatômicas características da mulher. O sentido protetor do pano-da-costa é outro aspecto que merece atenção. As iyawos, ao terminar o período de feitura começam a travar seus primeiros contatos com o mundo exterior protegidas pelo pano-da-costa branco, que representa o prolongamento do Ala de Oxalá, envolvendo praticamente todo o seu corpo no grande pano-da-costa, procura manter os valores religiosos de sua feitura quando em contato com os valores profanos encontrados extramuros dos terreiros. (...) O pano-da-costa é de uso exclusivo da mulher nos cultos afro-brasileiro, porque uma das principais funções do mesmo é proteger os órgão reprodutores das mulheres, das Yamis, já que as energias emanadas das mesmas prejudicam muito todo o aparelho reprodutor da mulher. Nos rituais de sirrum/axexe as mulheres usam dois panos-da-costas branco: um protegendo seus ventres e outro sobre os ombros como uma capa que envolve todo o seu colo e seios. (...) Observem que as santas mulheres usam o pano-da-costa, os santos homens usam o pano-da costa amarrados no ombro. (...) Mesmo fora do trabalho, para visita ou passeio o seu uso é indispensável. Em casas tradicionais, quando uma iniciada chega sem o pano da Costa é comum a proprietária do terreiro emprestar um à visitante, que, em sinal de educação ou respeito, coloca-o sobre o ombro direito ou, se entrar na roda, usa-o de maneira adequada à sua posição dentro da hierarquia do Candomblé; O pano da Costa é a peça de maior significado histórico dentro do vestuário africano, em conjunto com o torso. O uso de saia, Camisu ou bata e pano da Costa são indispensáveis dentro do Axé… A maneira de amarrar, colocar ou “enrolar” o pano varia de acordo com a situação, o ritual desenvolvido ou a posição hierárquica; Trecho do livro "Sobre o Signo de Omolu" – Samuel Abrantes

Adakorin - 30/08/2013

QUANDO VOCE PENSAR EM DESISTIR, LEMBRE-SE DOS MOTIVOS QUE FIZERAM VOCE AGUENTAR ATÉ AGORA

Yasoang - 26/08/2013

A Galinha de Angola era uma ave muito feia e por isso, afastava as pessoas de perto de si, mesmo sendo muito rica. Ela vivia abandonada em uma grande floresta em meio a sua riqueza. Cansada de ser desprezada, resolveu consultar o oráculo sagrado no Palácio de Obatalá. Quando lá chegou, o Sacerdote a colocou para fora, dizendo que ela deveria estar usando um Alá branco para entrar na casa do Grande Deus Funfun. Ainda mais triste, a Galinha de Angola resolveu ir para outra floresta e de uma vez por todas, deixar de conviver perto de tudo e todos. Após 21 dias caminhando, a Galinha de Angola parou em uma floresta, sem saber que era sagrada (Igbodu). Lá, ela encontrou um velho maltrapilho gemendo de dores. Esse velho disse: “Pare! estou muito doente e não tenho dinheiro para me alimentar, me dê o que comer e beber, por favor,”! A Galinha de Angola pegou tudo o que tinha e deu ao velho homem que, após saciar a sua fome e sede, caiu dormindo em sono profundo. A Galinha de Angola continuou preocupada com o velho e ficou ao seu lado enquanto ele dormia. Ao acordar, o velho perguntou-lhe, porque ainda estava lá, fazendo companhia para aquele velho maltrapilho. A Galinha começou a dizer que não poderia abandoná-lo, pois ele estava precisando dela, dize sua história ao velho, falando que todos lhe achavam feia, com um aspecto repugnante e que não mais queria viver. O Velho respondeu que o seu exterior não importava em nada, pois por dentro, ele era um dos seres mais belos que existia. Disse que aquela era uma floresta sagrada e que na verdade, ele era Obatalá. A Galinha de Angola ficou surpresa com a revelação, pedindo-lhe desculpas por entrar na floresta sagrada. Obatalá pegou Efun e começou a pintar a Galinha de Angola, que ficou muito bonita. Além disso, Obatalá disse que, o maior símbolo para os iniciados era o Osù e modelou um na superfície da cabeça da Galinha de Angola, dizendo que, a partir daquele momento, ela seria o Animal mais Sagrado do Culto aos Òrìsàs, pois somente ela, traz o Grande Osù em sua cabeça. Essa história é um grande ensinamento, pois mostra que não podemos julgar ninguém por sua aparência, mostra que não devemos jamais negar comida e bebida. Nossa religião oferta, ajuda e acolhe, essa é mensagem que devemos guardar.

Adakorin - 17/08/2013

"Não existe falta de tempo, existe falta de interesse. Porque quando a gente quer mesmo, a madrugada vira dia. Quarta-feira vira sábado e um momento vira oportunidade". Pedro Bial.

Otalendê - 16/08/2013

Num cantinho de uma terreiro sentado num banquinho pitando o seu cachimbo um alegre Preto-Velho sorria, os seus olhos brilhavam em sua face com tanta ternura e alegria. Foram sete sorrisos onde na incontida vontade de saber o motivo me aproximei e o interroguei , fala meu Preto Velho diz ao seu filho o porque externa assim uma visível alegria? E ele suavemente se levantou do seu banquinho e me levou para fora da casa e me respondeu. É para aquele que no caminho de sua vida procurou e aprendeu. O primeiro dei para aquela pessoa que verdadeiramente buscou Jesus Cristo e o pôs em seu coração. O segundo dei para aquela pessoa que busca a verdadeira paz a si e aos de mais em sua volta. O terceiro dei para aquela pessoa que verdadeiramente sacrificou-se deixando muitas vezes de viver para se dedicar ao seu próximo. O quarto dei para aquela pessoa que teve a humildade de reconhecer os seus erros que vinha praticando em sua vida e procurando se aperfeiçoar errando menos e acertando mais. O quinto dei para aquela pessoa que procura perdoar e busca sempre a verdade. O sexto dei para aquela pessoa que da o valor a tudo e a todos na sua vida e sempre agradecendo ao senhor seu Deus. O sétimo vai para aquela pessoa que agradece todos os dias de sua vida a sua existência no universo e procura enxergar a grandeza da criação de pai Oxalá, em que este pertence... E assim Meu Filho eu vim aqui sorrindo para cada uma dessas pessoas, onde vistes. Saravá os Pretos Velhos!

Adakorin - 14/08/2013

" O respeito não se adquire no grito, a admiração não se conquista com autoridade e a confiança não se ganha com discursos, porque o respeito é para quem sabe dialogar, a admiração e para quem sabe ser humilde e a confiança é para quem não discursa hipocrisia." Keila Sacavem

Adakorin - 12/08/2013

FELIZ DIA DOS PAIS!!! Epa Bàbá...Obrigada Pai Alaodé por existir na vida de todos nós.

Adakorin - 11/08/2013

"A única maneira de fazer um excelente trabalho é amar o que você faz"

Adakorin - 04/08/2013

A HUMANIDADE PRECISA DE MAIS PESSOAS PARA ABRIR PORTAS E PUXAR CADEIRAS, PORQUE HÁ GENTE DEMAIS PUXANDO TAPETES......[Marilia Cunha]

Yasoang - 03/08/2013

Como é bom concentrar-se um pouco em algo superior, com fé. Li uma passagem no livro O dia do Coringa: “ Certa vez um cosmonauta e um neurocirurgião, ambos russos, discutiam sobre cristianismo. Só o neurocirurgião era cristão. O cosmonauta gabou-se que já tinha viajado inúmeras vezes pelo espaço sideral e nunca viu um anjo. O neurocirurgião fitou-o e retrucou: já operei muitos cérebros inteligentes, mas nunca vi um pensamento.”

Adakorin - 03/08/2013

As pessoas nem sempre reconhecerão que você fez.....Muitas vezes elas só enxergarão o que você deixou de fazer...

Yasoang - 29/07/2013

Primeiro dia de aula, o professor de 'Introdução ao Direito' entrou na sala e a primeira coisa que fez foi perguntar o nome a um aluno que estava sentado na primeira fila: - Qual é o seu nome? - Chamo-me Nelson, Senhor. - Saia de minha aula e não volte nunca mais! - gritou o desagradável professor. Nelson estava desconcertado. Quando voltou a si, levantou-se rapidamente, recolheu suas coisas e saiu da sala. Todos estavam assustados e indignados, porém ninguém falou nada. - Agora sim! - vamos começar . - Para que servem as leis? Perguntou o professor - Seguiam assustados ainda os alunos, porém pouco a pouco começaram a responder à sua pergunta: - Para que haja uma ordem em nossa sociedade. - Não! - respondia o professor. - Para cumpri-las. - Não! - Para que as pessoas erradas paguem por seus atos. - Não! - Será que ninguém sabe responder a esta pergunta?! - Para que haja justiça - falou timidamente uma garota. - Até que enfim! É isso, para que haja justiça. E agora, para que serve a justiça? Todos começaram a ficar incomodados pela atitude tão grosseira. Porém, seguíamos respondendo: - Para salvaguardar os direitos humanos... - Bem, que mais? - perguntava o professor . - Para diferençar o certo do errado, para premiar a quem faz o bem... - Ok, não está mal porém respondam a esta pergunta: "Agi corretamente ao expulsar Nelson da sala de aula?" Todos ficaram calados, ninguém respondia. - Quero uma resposta decidida e unânime! - Não! - responderam todos a uma só voz. - Poderia dizer-se que cometi uma injustiça? - Sim! - E por que ninguém fez nada a respeito? Para que queremos leis e regras se não dispomos da vontade necessária para praticá-las? Cada um de vocês tem a obrigação de reclamar quando presenciar uma injustiça. Todos. Não voltem a ficar calados, nunca mais! Vá buscar o Nelson - Disse. Afinal, ele é o professor, eu sou aluno de outro período. Aprenda: Quando não defendemos nossos direitos, perdemos a dignidade e a dignidade não se negocia.

Adakorin - 19/07/2013

CANDOMBLÉ Não é Submissão, é Respeito; Não é escravidão, é Dedicação; Não é status, é Postura; O Orixá nunca será a causa dos seus problemas e sim o apoio para resolvê-los.

Adakorin - 19/07/2013

Que minha coragem seja maior que meu medo. E que minha força seja tão grande como a minha fé.

Yasoang - 11/07/2013

Quando não se tem nada de bom para falar da vida dos outros, é melhor ficar calado, pois até o tolo se passa por sábio quando fica de boca fechada

Yasoang - 04/07/2013

Se é verdade que nada é perfeito, também é verdade que tudo pode ser melhorado.

Yasoang - 24/06/2013

Osmose, não é o caminho de aprendizagem no nosso meio. Nada se aprende por osmose aqui. Quero saber o que é isso, quero saber o que é aquilo, me conta vai, aposto que não sabe também! Não seja curioso, candomblé é respeito, segredo e preceito. Respeitem meu período de sacrifício de cotovelo na esteira. Se você não passou por isso e ou passou em vão, eu não tenho culpa. Aprender candomblé e ter vontade ir a casa de candomblé, ter mãe ou pai de santo, ser yaô ou Ogan ou Ekedi de fato. Estar presente nas atividades, seguir as diretrizes e determinação do Axé ao qual pertence. Se colocar a disposição do orixá e saber, que a estrela maior de nossa religião é o orixá. Reconhecer os mais velhos de nossa casa e também de outras não pelo o que posso arrancar deles, mas pelo que são simplesmente. Respeitar o nosso início, respeitar nosso passado, tentar deixar um futuro melhor para os que vierem depois de nós. Amar o orixá é Axé de onde nos alimentamos. Principalmente viver uma coletividade religiosa, pois sozinho ninguém vive. Vivemos em comunidade justamente para crescer espiritualmente, amando e colocando sempre os nossos orixás em primeiro lugar. Tente ser de uma casa não tente comprar uma. Tente ser de um Axé não tente comprar um. Tente ter mais velhos não tente comprar uns. Se você não vive nada disso em sua casa, é porque esta não é a sua casa!

Adakorin - 22/06/2013

Confie na vida e siga em frente. O mal só existe quando damos poder a ele. E nós, somos do tamanho que queremos ser

Adakorin - 19/06/2013

Um amigo é alguém que sabe a canção de seu coração e pode cantá-la quando você estiver esquecido a letra.

Yasoang - 19/06/2013

"Há três coisas que jamais voltam: a flecha lançada, a palavra dita e a oportunidade perdida"

Ajaláfandy - 18/06/2013

"Apoiar-se é entrar nas suas razões mais profundas, é perder o medo de ser errado ou inadequado pra ficar consigo mesmo. É assumir a responsabilidade por si, cuidar de si, sem ansiedade, sem insegurança quanto ao que os outros vão achar ou dizer." Calunga

Adakorin - 17/06/2013

Linda bandeira de Ogum estava no Humaitá, representando um General de Umbanda, Ogum venceu demanda em qualquer lugar. Obrigada meu Pai Ogum por mais esta festa. Obrigada minha Mãe Jagunlemi e meu Pai Alaodé e a todos os filhos de santo da casa de meu Pai Omolu, por proporcionarem que esta festa acontecesse.

Adakorin e Omilujan - 17/06/2013

É preciso coragem para levantar e falar, mas também é preciso coragem para sentar e ouvir.

Yasoang - 10/06/2013

A vida sempre será determinada a partir do que a gente presta atenção. Se você tem diante de você um problema, você tem duas possibilidades: ou você enxerga o problema ou você já enxerga a solução. Não importa como você tenha vivido até o dia de hoje. A palavra do nosso Orixá pra nós é sempre otimista, Orixá continua vendo os valores em você, Orixá continua acreditando que o seu coração pode ser melhor, Orixá continua acreditando que aí neste coração, muitas vezes, marcado pelos fracassos, existe uma vitória a que você pode chegar, basta você não desistir."

Adakorin - 07/06/2013

Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada.

Adakorin - 07/06/2013

O verdadeiro guerreiro não é aquele que nunca cai e sim aquele que sempre se levanta. Lute diante das coisas difíceis de sua vida com amor e sabedoria, para que um dia você possa olhar para trás e dizer: Foi difícil, mas venci!!! SALVE SÃO JORGE.

Otalende - 03/06/2013

O que significa ser Babalorixá ou Iyalorixá? Ser Babalorixá ou Iyalorixá denota, em primeiro lugar, ter conhecimento, autoridade legítima de condução dos ritos sagrados da casa e o seu orixá que é o maior de todos. Mas também requer um amplo conhecimento de si mesmo, um olhar equilibrado diante das coisas da vida... Ter autocontrole, entender que nada em nossa existência material é eterno... Aprender a lidar com a ingratidão das pessoas que só vêem a nossa fé como oportunidade de buscar benefícios para si, sem se entregar de verdade aquilo que nos dá tudo, que são nossos orixás. Abraçar este caminho é consagrar-se a ser Pai ou Mãe, não dos Orixás, mas de um monte de gente diferente, que mesmo não tendo seu sangue ou sobrenome, você vai amar como sendo um pedaço seu... Muitos vão o decepcionar, outros vão te trair e alguns vão somente te usar até alcançar aquilo que vieram buscar dentro da religião... Mas sempre existirão aqueles, que vão te surpreender, e que no momento em que estiveres prestes a desistir, já calejado com tantas pedradas, vão retribuir o amor que dás de verdade a todos, mas que só alguns conseguem compreender. Ser Pai ou Mãe é ensinar o caminho, é conduzir para a independência. É dar a liberdade para que aqueles que desejarem partir o façam, se aventurem ao mundo... Mas Pai ou Mãe de verdade deixa sempre uma fresta na porta, para que seus filhos, mesmo após tropeços, possam voltar pra casa e recomeçar... Isso é ser Babalorixá e não vendedor de Axé, comerciante do sagrado.

Adakorin - 02/06/2013

PARA REFLEXIONAR!! Você chegou ao seu Templo. Ore, peça Iluminação. Cumprimente seus Colegas. Isso se chama Amizade. Deseje a cada um, o melhor. Isso se chama Sinceridade. Faça seu programa do dia. Isso se chama Reflexão. Agora, com tudo planejado, comece a trabalhar. Isso se chama Ação. Acredite que tudo dará certo. Isso se chama Fé. Faça tudo com alegria. Isso se chama Entusiasmo. Dê o melhor de si. Isso se chama Perfeição. Ajude aqueles que tem mais dificuldades que você. Isso se chama Doação. Compreenda que nem todos estão na mesma sintonia. Isso se chama Tolerância. Receba as bençãos com gratidão. Isso se chama Humildade. Deus e os Divinos Orixás estão com você. Isso se chama Amor.

Adakorin - 25/05/2013

Iniciar-se no candomblé é aceitar começar tudo de novo. Aprender os gestos mínimos de educação, esforçar-se para falar palavras cotidianas em um dialeto tribal que até pouco você ignorava, cantar e dançar perfeitamente sabendo que aquilo não é uma simples festa, mas sim a sua forma de contato com quem lhe deu um sopro diferente de vida. Tornar-se yaô é abrir mão das longas madeixas cultivadas durante anos. É passar dias isolada longe da sua rotina e das pessoas que lhe são caras. É comer, vestir, acordar, dormir, rezar, viver completamente diferente do que você fez antes de entrar no ronkó. É chorar de emoção depois do primeiro ilá do Orixá e abraçar emocionada quem te criou recendo um sorriso que diz silenciosamente, “Você nasceu”. É aceitar com resignação mais três meses de privações que vão desde o conforto da sua cama, até o seu vestido preto preferido, passando pela ausência da cerveja com os amigos, o afago do namorado e as barras de chocolate acompanhadas de café. Ser yaô é viver durante 7 anos como tal. É beijar seu fio e agradecer por ter nascido. Ser yaô é simplesmente ser feliz por pertencer ao axé. EU AMO SER YAÔ, E SE FILHA DE SANTO DA MINHA MÃE JAGUNLEMI É A MAIOR FELICIDADE QUE ACONTECEU NA MINHA VIDA...OBRIGADA OGUM POR TER ME LEVADO ATÉ ESTA CASA DE PAI OMOLU.

Adakorin - 25/05/2013

Minha Mãe Jagunlemi, hoje eu quero festejar com a senhora, este dia tão esperado por todos nós. Quero que a senhora saiba do meu carinho, da minha admiração e do meu respeito. Quero que minhas orações cheguem até o Pai Omolu, quero pedir a Ele que abra janelas e portas do céu e derrame em sua direção, saúde, paz, amor e muitos anos de vida. Quero pedir a Mãe Oxum que ouça minhas orações e te dê toda a força do mundo para a senhora vencer sempre. FELIZ ANIVERSÁRIO MINHA MÃE.

Adakorin e Omilujan - 21/05/2013

A história dos Atabaques (Ilús) Após 4 dias que Olodumare o deus supremo criou a terra, Olodumare enviou a terra os Orixás, em sequencia mandou Ogúm o orixá da guerra e do metal, e pediu com seu dom trouxesse ao mundo a evolução e que abrisse todos os caminhos com sua espada, mandou Oxóssy o orixá da caça e da fartura, e com seu dom pediu para que trouxesse a vida, as plantações e a fartura para o mundo, mandou Obálúayê o orixá da peste e da cura, pediu para com seu dom trouxesse a firmeza a terra e todas as pestes, doenças e curas, mandou Xángô o orixá da justiça e do trovão, e com seu dom trouxesse a lei, o controle sobre a ordem e o fogo para aquecer, mandou Oxúm o orixá da fertilidade e da maternidade, e com seu dom trouxesse todas as fontes d'água no mundo e a fertilidade para trazer novas vidas, e depois enviou Yemanjá o orixá dos mares e da sanidade, e com seu dom trouxesse todas as águas do mundo e a serenidade no Orí sobre a vida. Após os Orixás terem ouvido e obedecido suas ordens, Olodumare enviou os restantes dos Orixás, e pediu para que cada um deles fizessem do seu dom um simbolo para que segurasse e protegesse a terra, Exú o orixá do principio e dos caminhos, acompanhou cada um deles e os ajudou a construir seus simbolos e a proteger seus dons, fazendo os machados as Xángô, o arco e a flecha a Oxóssy, o Xaxará a Obálúaye, a espada a Ogúm e assim por diante. Passado alguns tempos Olodumare enviou a terra os seres humanos, e assegurou a cada orixá um grupo de pessoas, para que podessem adorar - lhes e louvar - lhes, mas com o tempo passando, os orixás estavam ficando fracos e sem muito axé, pois mesmo com as louvações das pessoas não era o suficiente para que o Axé força dos orixás, trouxessem os dons necessários para a terra, e com isso os seres humanos morriam a medir dos tempos, pois os axés dos orixás não estavam sendo o suficiente, desse jeito Exú procurou Oxalá e o disse todos os problemas que estava acontecendo, e Oxalá desesperadamente procurou Olodumare, este então o falou para que inventasse um simbolo para o dom do Axé de todos os orixás, Oxalá junto a Exú voltaram a terra e comunicou aos orixás, os orixás cada um deles inventaram novos simbolos mas nada daqueles haviam adiantados, dessa forma Oxóssy após de ter caçado, estava com um couro de boi as suas mãos, e o prendeu num toco de arvore, e reparou que o corou junto ao toco fazia um som, um barulho tão contagiante que harmoniza a qualquer ambiente, o orixá Obálúaye, escutando ao som comessou a dançar e pular incansavelmente, fazendo assim a terra e as montanhas tremerem, e com todas essas vibrações as poeiras foram jogadas ao ar, tornando - se brancas, e formavam - se um estilo de pó chamado de Efún, esse pó caiu em cima dos couros de Oxóssy e nesse momento os couros se purificaram e ficava mais acessivel toca-las, dessa forma Oxóssy e Obálúaye sairam mundo a fora, Oxóssy tocava o tambor e Obálúaye dançava fazendo a terra tremer, passando por todos os reinos, fazendo com que todos os outros orixás os acompanhassem e dançassem juntamente com eles, através das danças os elementos se agitavam no ritmo e fazia com que eles se espalhassem e ficassem mais fortes, fazendo assim o Axé, dessa forma Ogúm prendeu aros de aço ao redor dos atabaques para que o tronco não deixasse o couro sair, dessa forma, Olodúmare batizou o atabaque como símbolo do Axé, e que através dos atabaques, os orixás se manifestariam com mais fervor, estes lhe entregou os atabaques aos homens e os sacralizou para que somente os homens escolhidos pudessem tocar - lhes, enquanto os outros dançavam e rezavam para seus orixás, dado ao nome a três desses atabaques, um menor chamado de Lê, um médio chamado Rumpí e o maior chamado de Rum, simbolizando os graus de Axé, foi dessa forma que Oxóssy e Obálúaye viraram os padrinhos dos atabaques e dos Ogans, e dessa forma foi que fosse dado o dom da sacralização somente aos homens.

Adakorin - 21/05/2013

Se você está deprimido, você está vivendo no passado, se você está ansioso, você está vivendo no futuro, se você está em paz, você está vivendo no presente "LAOTZU"

Adakorin - 15/05/2013

Minha mãe Jagunlemi, que Pai Omolu e Mãe Oxum te cubram de paz, amor, harmonia, prosperidade e felicidade. Que Pai Oxalá derrame sobre a sua vida o Alá da paz. Ser Mãe é assumir de Deus o dom da criação, da doação e do amor incondicional. Ser mãe é encarnar a divindade na Terra. FELIZ DIA DAS MÃES!!!

Adakorin e Omilujan - 12/05/2013

Não importa se você sabe ou não dançar para os seus orixás. O que importa é que quando você põe seus pés no chão, eleva tua mente e intenção, deixando que seus movimentos, sejam guiados pela sua fé e cadenciados ao som sagrado dos atabaques, onde toda purificação energética acontece naturalmente. Entregue o seu coração aos Orixás e sentirás que abaixo dos seus pés está a sua vergonha.

Adakorin - 10/05/2013

"Aos outros eu dou o direito de ser como são; a mim dou o dever de ser cada dia melhor". Chico Xavier.

Adakorin - 08/05/2013

Do sagrado no profano Tudo em nossa vida pode ser simplesmente uma obrigação, ou pode ser uma maneira de encontrar-se com Deus. Três operários trabalhavam numa obra, quando um homem aproximou-se. “O que você está fazendo?“ perguntou ao primeiro operário. “Estou ganhando a vida!“, disse, mal humorado. O visitante virou-se para o segundo operário e fez a mesma pergunta. “Estou quebrando pedras”, respondeu ele. Finalmente, o visitante se aproximou do terceiro homem e fez a mesma pergunta. “Estou construindo uma catedral”, foi a resposta. Os três faziam a mesma coisa. Mas apenas o terceiro compreendia sua tarefa.

Otalende - 01/05/2013

Um ancião índio norte-americano, certa vez, descreveu seus conflitos internos da seguinte maneira: - Dentro de mim há dois cachorros. Um deles é cruel e mau. O outro é muito bom, e eles estão sempre brigando. Quando lhe perguntaram qual cachorro ganhava a briga, o ancião parou, refletiu e respondeu: - Aquele que eu alimento mais frequentemente

Otalende - 01/05/2013

Se você não acorda cedo, nunca conseguirá ver o sol nascendo. Se você não reza, embora Deus esteja sempre perto, você nunca conseguirá notar sua presença.

Otalende - 01/05/2013

Cuidado com as palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com as suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com os seus atos: eles moldam seu caráter. Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino

Otalende - 01/05/2013

Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida.

Otalende - 30/04/2013

Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silencio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina. Cora Coralina

Otalende - 30/04/2013

Okolofé, Mãe e Pai Desejo a todos uma feliz Pascoa, que seja um momento de reflexão na vida de todos nós, momentos de agradecer a Deus e a todos os Orixás por nos dar uma casa Abençoada e uns Pais maravilhosos, momento de pedirmos perdão a Deus, aos Orixás, aos nossos familiares, amigos, por qualquer coisa que tenhamos feito que não tenha agradado, mesmo que seja em pensamento. Deus, os Orixás, Mãe, Pai, meus irmãos, peço perdão a todos, por tudo que eu possa ter desagradado, e agradeço a oportunidade de estar nesta casa tão Abençoada. Casa de nosso Pai Omolu Jagun.

Zyamoju - 31/03/2013

Recebi essa mensagem de uma pessoa com muito menos idade do que eu, mas com uma mente muito maior do que a minha, leiam com atenção: Essa passagem de Santo Agostinho: A morte não é nada. Eu somente passei para o outro lado do Caminho. Eu sou eu, vocês são vocês. O que eu era para vocês, eu continuarei sendo. Me dêem o nome que vocês sempre me deram, falem comigo como vocês sempre fizeram. Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas, eu estou vivendo no mundo do Criador. Não utilizem um tom solene ou triste, continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos. Rezem, sorriam, pensem em mim. Rezem por mim. Que meu nome seja pronunciado como sempre foi, sem ênfase de nenhum tipo. Sem nenhum traço de sombra ou tristeza. A vida significa tudo o que ela sempre significou, o fio não foi cortado. Porque eu estaria fora de seus pensamentos, agora que estou apenas fora de suas vistas? Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do Caminho... Você que aí ficou, siga em frente, a vida continua, linda e bela como sempre foi. Santo Agostinho Okolofé a todos e que esta mensagem sirva para todos nós.

Zyamoju - 27/03/2013

FADIGA E JUGO Observemos a criatura que, em se julgando vaidosamente livre, se rendeu às sugestões arrasadoras da cólera... Mobilizando a independência de que se crê detentora, para simplesmente abusar, espalha, em torno da própria senda, raios sinistros de perturbação e de morte, criando para si mesma causas obscuras de frustração e aniquilamento. Se houver ferido o companheiro da estrada, sem dúvida, complicará o próprio roteiro, disseminando aflição e amargura que se voltarão, fatalmente, sobre o ponto de origem, infligindo-lhe angústia e insegurança, a se expressarem nos mais estranhos processos de enfermidade. Se tiver lacerado seres queridos, decerto terá formado no próprio templo doméstico braseiros de incompreensão e discórdia a lhe incendiarem a alma, por longo tempo. E se houver chegado, impensadamente, às raias do crime, condenar-se-á naturalmente à enxovia, com que a justiça do mundo lhe ferreteará o coração, segregando-a à distância da liberdade. No símbolo, reconhecemos nossas fadigas de espíritos milenares, enquistados na treva de nossas próprias fraquezas... Supondo-nos exonerados do dever de auxiliar e compreender, amparar e servir, admitimos que o mundo deveria surgir como ribalta de nossos próprios caprichos, acabando humilhados e ensandecidos, sob as algemas cármicas do resgate que a vida nos impõe ainda hoje, em dolorosos processos de sofrimento. Entretanto, se nos atemos ao julgo leve do Cristo, eis que todo o painel se reajusta e renova, porque, então, voluntariamente submissos ao cumprimento de nossas obrigações, entenderemos por fim que, segundo Jesus, perder é ganhar, e escravizar-se alguém à felicidade dos outros é adquirir a própria libertação para a Vida Imperecível. DO LIVRO: Semeador em Tempos Novos Pelo Espírito: Emmanuel Psicografia: Francisco Cândido Xavier

Adakorin - 23/03/2013

Quem é corajoso não foge da batalha da vida. Todos temos nossas lutas, mas só quem sabe suportá-las pode ser classificado de herói, de Homem em toda a extensão do termo.

Adakorin - 23/03/2013

Que o canto das águas de nossa Mãe Oxum embale nossos sentimentos alimentando nossos corações com as vibrações de paz e perdão. Ora Yeyé ó fí dé rí omon ! (Mãe cuidadosa, aquela que usa coroa e protege os seus filhos !)

Adakorin - 22/03/2013

FELIZ ANIVERSÁRIO!!! OMILUJAM, obrigada por fazer parte da minha vida, que Mãe Oxum abençoe todos os seus dias e permita que eu faça parte deles hoje e sempre, que Pai Omolu com suas palhas traga a paz a sua saúde. Axé!!!!

Adakorin - 14/03/2013

PARABÉNS JIMILOYA PELA NETINHA QUE ACABA DE NASCER, QUE IANSÃ ABENÇOE CADA DIA DE GABRIELE. UM BEIJO IMENSO PARA BARBARA.

Adakorin e Omilujan - 10/03/2013

II Conferência Livre de Povos de Terreiro de Guarujá e Bertioga Okolofé Mãe e Pai Aos organizadores do evento meus parabéns e todo meu respeito. A todos os participantes obrigada pela presença e podem ter certeza de que essa sementinha em que esta sendo plantada hoje, será o nosso fruto do amanhã. Parabéns a todos.

Zyamoju - 10/03/2013

Feliz dia da MULHER Nada mais contraditório do que ser mulher... Mulher que pensa com o coração, age pela emoção e vence pelo amor. Que vive milhões de emoções num só dia e transmite cada uma delas num único olhar. Que cobra de si a perfeição e daqueles a quem ama. Que dá as asas, ensina a voar, mas que não quer ver partir os pássaros, mesmo sabendo que eles não lhe pertencem. Que se enfeita toda e perfuma o leito, ainda que seu amor nem perceba mais tais detalhes. Que como numa mágica transforma em luz e sorriso as dores que sente na alma, só pra ninguém notar. E ainda tem que ser forte para dar os ombros pra quem neles precise chorar. Feliz do homem que por um dia souber, entender a Alma da Mulher! Parabéns a todas as mulheres.

Zyamoju - 08/03/2013

Okolofé, Mãe Jagulemi e Pai Alaodé Em primeiro lugar quero dizer a todos que quando se tem FÉ em Deus e nos Orixás se tem tudo na vida, isso não significa que nada vai nos acontecer, então vejamos o que me aconteceu, esse é apenas um fato dentre muitos que já me acontecerão e Deus e os Orixás me livrarão de um mau maior: Eu me programei para ir ao sitio na segunda feira (04/03/2013) a noite, meu filho disse mamãe não é tarde para você ir, eu disse filho não se preocupe, se eu chegar do trabalho muito cansada deixo para ir na terça bem cedo, logo depois disso a nossa irmã Bayameji me telefona perguntando a que horas eu ia para o sitio na terça feira, disse a ela que eu iria bem cedo, cedo (06:00) e eu perguntei porque, ela me disse que queria uma carona, e se poderia ser por volta da 07:30 eu disse tudo bem. Pois bem, sai de Santos, fiz algumas coisas e no horário marcado me dirigi ao Guarujá/Morrinhos para busca-la, ao adentrar no morrinho quase sofri uma colisão com o meu carro, o carro não fez a curva, travou o volante, e quase me choquei contra o muro, foi muito forte essa situação, com muito esforço consegui chegar na casa da Bayameji e da D. Mai, que me deram todo o suporte para chamar o guincho e logo depois tive todo o apoio do nosso pai Alaodé. Resumo – Se a Bayameji não tivesse me ligado, eu poderia ter sofrido um acidente na estrada muito feio e talvez eu nem estaria aqui para contar essa história. De alguma forma Deus e os Orixás evitaram que me acontecesse coisa pior. Okolofé a Deus, todos os Orixás, ao meu Pai e as minhas irmãs.

Zyamoju - 06/03/2013

FELIZ ANIVERSÁRIO KEMILEWA!!! Que Mãe Oxum lhe cubra com os mantos sagrados das águas doces e traga para sua vida toda felicidade do mundo. Seja feliz hoje e sempre. Um beijo no coração.

Adakorin e Omilujan - 28/02/2013

A amizade é como uma planta se você não regar não cresce e morre assim como a fé se não cultivar não evolui

Dejoniré - 27/02/2013

DEFINIÇÃO DE FILHO POR JOSÉ SARAMAGO: "Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudas nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Isto mesmo! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perde algo tão amado. Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo".

Otalende - 25/02/2013

Ética é o conjunto de valores e princípios que usamos para responder a três grandes questões da vida: (1) quero, (2) devo, (3) posso? Nem tudo que eu quero eu posso; nem tudo que eu possa eu devo, e nem tudo que eu devo eu quero. Você tem paz de espírito quando aquilo que você quer é ao mesmo tempo o que você pode e o que você deve. MÁRIO SÉRGIO CONSTELLA.

Otalende - 20/02/2013

FELIZ ANIVERSÁRIO !!! YANDRA E RAQUEL VERGARA...Que Pai Omolu cure todos os males corporais e espirituais e que proteja também os entes queridos e dê forças para seguir o caminho que me foi dado. Que mamãe Oxum com toda sua serenidade, faça agir de forma equilibrada e consciente. E com suas águas doces e límpidas façam vencer todos os desafios. Ora Ye Yêo Oxum!

Adakorin e Omilujan - 18/02/2013

FELIZ ANIVERSÁRIO YRENIBI, QUE PAI OGUM ABENÇOES OS SEUS DIAS. Salve Ogum, guerreiro de oxalá. Orixá que abençoa seus filhos e os filhos de seus filhos. Pai destemido, Senhor da espada de fogo que corta todas as demandas. Conduza os que amam aos cominhos da prosperidade. Que em meus caminhos, possa eu YRENIBI filho seu merecer as vossas Bênçãos: a espada Que me encoraja, o escudo que me defende e a bandeira que me protege. Meu pai Ogum Não me deixe cair Não me deixe tombar. PATACURI OGUM OGUNHÊ.

Adakorin e Omilujan - 18/02/2013

A TODOS ANIVERSARIANTES DO MÊS DE FEVEREIRO MEUS PARABÉNS!!!!! SAÚDE, PAZ !!! QUE OXALÁ ILUMINE E ABENÇOE SEMPRE NOSSOS CAMINHOS!!! AXÉ

MOJARIM - 18/02/2013

FELIZ ANIVERSÁRIO BAYAMEJI, que Mãe Iemanjá derrame sobre você as águas salgadas e abençoadas do amor, saúde, prosperidade, harmonia, paz. Um beijo no coração.

Adakorin e Omilujan - 18/02/2013

"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis" FERNANDO PESSOA

Adakorin - 15/02/2013

"A compaixão pelos animais está intimamente ligada a bondade de caráter...Quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem".

Adakorin - 15/02/2013

O tempo deixa perguntas, mostra respostas, esclarece dúvidas, mas acime de tudo, o tempo traz verdades.

Otalende - 14/02/2013

FELIZ ANIVERSÁRIO MOJARIM !!! Que Pai Omolu e Mãe Oxum iluminem seus caminhos e que sejam abençoados com as águas de Oxum....Axé e saúde...

Adakorin e Omilujan - 13/02/2013

FELIZ ANIVERSÁRIO BEDEKEREIN !!! QUE Ogum ilumine seus caminhos e abençoe todos os dias da sua vida. Axé e saúde.

Adakorin e Omilujan - 13/02/2013

FELIZ ANIVERSÁRIO!!! YA MAZANY, que Iemanjá com as suas águas abençoe sua vida seus caminhos e traga muita paz, saúde e prosperidade a sua vida. Odoyá

Adakorin e Omilujan - 01/02/2013

Quando Deus tira algo de seu alcance, tipo suas horas extras. Ele não está punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo melhor. Concentre-se nesta frase... "A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo."

Adakorin - 01/02/2013

"Se pudessemos ter consciência do quanto nossa vida é passageira, talvez pensassemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidades que temos de ser e de fazer os outros felizes"

Ajaláfandy - 01/02/2013

Havia uma garota cega que se odiava pelo fato de ser cega! Ela também odiava a todos exceto o seu namorado! Um dia ela disse que se pudesse ver o mundo, ela se casaria com seu namorado. Em um dia de sorte, alguém doou um par de olhos a ela! Então seu namorado entusiasmado perguntou: - Agora que você pode ver, você se casará comigo? A garota ficou chocada quando ela viu que seu namorado era cego! Ela disse: - Sinto muito, mas não posso me casar com você porque você é cego! O namorado afastando-se dela em lágrimas disse: Por favor, apenas cuide bem dos meus olhos, eles eram muito importantes pra mim! P/ refletir: Nunca despreze quem te ama! Não importa que vc não a ame Apenas respeite, é o mínimo que vc pode fazer As vezes as pessoas fazem certos sacrifícios e nós nem nos importamos... neste mundo só falta ... AMOR

Adakorin - 28/01/2013

AO CONTRÁRIO QUE TODOS PENSAM,SER UM BABÁ NÃO É UMA VIDA DE GLÓRIAS E FESTAS. É UMA VIDA SOFRIDA E CHEIA DE INGRATIDÃO,SERÁ OFENDIDO E CHAMADO DE TUDO NESSA VIDA ,POUCOS SERÃO APESAR DE MILHARES EXISTIR,SÓ ALGUNS NASCERAM PRA SER. A CARIDADE MUITO FALADA POR MUITOS QUE SE DIZEM,SÓ OS VERDADEIROS ATRAVÉS DO SEU CONHECIMENTO PODERÁ FAZER. CANDOMBLÉ... É AMOR... DEDICAÇÃO... SACRIFÍCIO PELO SEU ORIXÁ... É SEGUIMENTO... HUMILDADE... E ACIMA DE TUDO FÉ... MÃE,PAI EU SÓ TENHO QUE AGRADECER TODOS OS DIAS POR TUDO,QUE MEU PAI OMOLU E TODOS OS ORIXÁS ILUMINE E ABENÇOE SEMPRE SEUS CAMINHOS

MOJARIM - 27/01/2013

FELIZ ANIVERSÁRIO!!! Dª Beatriz e Maria Lucia. Que seus dias sejam repletos de paz, luz, alegria e muita prosperidade, cobertos pelo manto dos Orixás.

Adakorin - 16/01/2013

"Ninguém nunca vai entender o que você sente ou o que você faz; até a pessoa passar pela mesma situação".

Otalende - 16/01/2013

MUITAS VEZES O FATOR DETERMINANTE DA VITÓRIA NÃO SÃO AS ESCOLHAS,MAS SIM AS RENÚNCIAS... UM ANO REPLETO DE REALIZAÇÕES,SAÚDE E PAZ!!!!AXÉ

Alessandra Marques - 16/01/2013

FELIZ ANIVERSÁRIO!!! ZYAMOJU, YASOANG E OYASIZUM. Que Omolu, Oxum, Iansã, Iemanjá e todos os orixás tragam luz, paz, prosperidade e muita alegria.

Adakorin e Omilujan - 15/01/2013

"Os ventos que as vezes tiram algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar... Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim, aprender a amar o que nos foi dado. Pois tudo aquilo que realmente é nosso, nunca se vai pra sempre" Bob Marley.

Otalende - 08/01/2013

Okolofé minha Mãe, meu Pai e todos os meus irmãos. Desejo um FELIZ ANO NOVO!!! com muita paz, saúde e prosperidade. Que Ogum meu Pai abra o caminho para novas conquistas, principalmente na conquista interior, que nos torne pessoas melhores a cada dia, que Oxum com as suas águas doces lave as nossas desilusões e traga a calma para os nossos corações.

Adakorin - 01/01/2013

Okolofé Mãe e Pai desejamos aos senhores e a todos nossos irmãos um Feliz Ano Novo, com um olhar diferente. O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história. O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o AQUI e o AGORA. Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove demais... Mas, pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia? Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho? Quero viver bem. 2012 foi um ano cheio. Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões. Normal! Às vezes se espera demais das pessoas. Normal! Grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor machucou. Normal! 2013 não vai ser diferente. Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí? Fazer o quê? Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança? O que nós desejoamos para todos nós é sabedoria! E que todos saibamos transformar tudo em uma boa experiência! Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele passou na sua vida. Não pode ser responsável por um dia ruim... Entender o amigo que não merece nossa melhor parte. Se ele decepcionou, passe-o para a categoria 3, a dos amigos. Ou mude de classe, transforme-o em colega. Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém. O nosso desejo não se realizou? Beleza, não tava na hora, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento, me lembro sempre de um lance que eu adoro: CUIDADO COM SEUS DESEJOS, ELES PODEM SE TORNAR REALIDADE. Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano. Não adianta lutar contra isso. Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes. Que possamos juntos neste ano de 2013, fazer tudo diferente, sempre com amor, alegrias e generosidade, aprendendo a perdoar, se doar mais, ser feliz. Feliz Ano Novo com olhar novo.....

ZYAMOJU E OBAIPA - 26/12/2012

Okolofé Mãe, Pai e todo o egbé venho através deste mural desejar a todos um Feliz Natal e um próspero ano novo, que o próximo ano seja de muita prosperidade não só para a casa mas para vocês também que são pessoas iluminadas e abençoadas não só por seus orixás mas por todos eles, por todos os nossos , por tomarem conta tão bem deles. Obrigada por permitirem que eu faça parte da casa de vocês. Boas Festas!

Gabriella Lins - 25/12/2012

Okolofé minha Mãe, meu Pai e meus irmãos. Desejo um FELIZ NATAL cheio de alegria, prosperidade e muita saúde a todos. Axé!

Adakorin e Omilujan - 25/12/2012

..:: "VOCÊ deve ser a mudança que anseia ver no mundo" ::.. ..:: "A única revolução possível é de dentro de nós" ::.. Mahatma Gandhi

Adakorin - 21/12/2012

MÃE JAGULEMI, NO ÚLTIMO SABADO DIA DE MAMÃE OXUM , TENTEI FALAR COM A SENHORA PARA PEDIR A BENÇÃO E AGRADECER POR TUDO QUE A SENHORA TEM FEITO POR MIM. APESAR DE NÃO SER SUA FILHA DE FÉ AINDA, SEI QUE SOU SUA FILHA DE CORAÇÃO “ PEÇO SUA BENÇÃO MÃE JAGULEMI” ROSELI CHAVES (AMIGA DA ZYAMOJU E OBAIPA)

ROSELI CHAVES - 13/12/2012

FELIZ ANIVERSÁRIO!!! ODELEMUM, que Oxossi e Oxum iluminem seus caminhos com muita paz, prosperidade, felicidade e muita alegria.

Adakorin e Omilujan - 06/12/2012

FELIZ ANIVERSÁRIO Otalende, que nosso Pai Ogum te abençoe e ilumine os seus caminhos, que todos os dias da sua vida sejam dias de vitória, felicidade, alegria, harmonia e muita paz. Salve Ogum, guerreiro de oxalá. Orixá que abençoa seus filhos e os filhos de seus filhos. Pai destemido, Senhor da espada de fogo que corta todas as demandas e conduz os que amam aos cominhos da prosperidade. Que em meus caminhos, possa eu, filho seu merecer as vossas Bênçãos: a espada Que me encoraja, o escudo que me defende e a bandeira que me protege. Meu pai Ogum Não mim deixe cair Não me deixe tombar.

Adakorin e Omilujan - 22/11/2012

A beleza do candomblé está nos Orixás, que em suas danças imitam o movimento dos Elementais como vento, fogo, caça, rios, cachoeiras e todas as demais forças da Mãe Natureza.

Adakorin - 16/11/2012

Sofremos demais pelo pouco que nos falta e alegramo-nos pouco pelo muito que temos

Otalende - 13/11/2012

Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho. Mahatma Gandhi

Adakorin - 09/11/2012

OKOLOFÉ MÃE E PAI Infelizmente fui tomada por uma forte dor de estomago, insuportável, que não me permitiu participar de uma grande festa, saída de Santo, sei que ela foi Única, mesmo não estando de corpo presente estava eu de espírito presente, tão presente que rezei tanto para passar a minha dor, que durante a madrugada recebi a visita de minha Mãe colocando suas Mãos Santas sobre o meu estomago, digo, não foi um sonho, eu vi minha Mãe, só de escrever já começo a chorar de emoção,e no domingo enquanto não fui visita-la para agradecer a minha melhora não tive sossego. Obrigada, minha Mãe, obrigada, que cada dia mais o Meu Pai OMOLU JAGUN e todos os Orixás possam estar lhe abençoando com muito, muito AXÉ. Aos meus irmãos que fizeram obrigação peço aos Orixás que sempre lhe deem muita sabedoria e discernimento e tenham uma nova caminhada com muito Axé e Humildade. Tudo que acontece comigo é movido pela FÉ que tenho na casa de Pai Omolu Jagun, em Minha Mãe Jagulemi, meu Pai Alaodé e em todos os Orixás. QUEM TEM FÉ, TEM TUDO, QUEM NÃO TEM FÉ NÃO TEM NADA. ESTA CASA É SANTA. OKOLOFÉ MÃE E PAI ZYAMOJU

Zyamoju - 30/10/2012

OKOLOFÉ, MÃE JAGULEMI E PAI ALAODÉ Não posso deixar de parabeniza-los por mais um evento lindo e maravilhoso como foi a festa de Cosme e Damião, desejo que a corrente das crianças lhes traga muita saúde, paz, amor e compreensão para que os senhores possam continuar essa trajetória divina que deus lhes deu.............parabéns. Quero também agradecer ao meu pai Omolu Jagum e novamente a senhora minha Mãe e so senhor meu Pai pela oportunidade de poder estar presente e colaborando nesta festa tão linda. Obrigada, obrigada, obrigada.............

Zyamoju - 02/10/2012

Okolofé Mãe e Pai É com grande alegria que os cumprimento por mais uma festa tão linda e maravilhosa, e acima de tudo agradeço ao meu Pai Omolu por ter me dado a oportunidade de estar mais uma vez em sua casa, e por ser sua Ekede.....obrigada.... Nao posso deixar de agradecer ao nosso Pai Katulemba, Ogã Fadori e todos os visitantes da Casa de Oxalá da Bahia/Itabuna, pela presença e por todos os ensinamentos que sempre nos trazem, obrigada pela presença..... Digo a todos do fundo do meu coraçao, nao existe nada mais lindo no mundo do que poder estar na casa de Omolu, casa abençoada.....Orixas maravilhosos.....obrigada.... Okolofé Zyamoju

Zyamoju - 02/09/2012

Amigo, Companheiro, Parceiro, Responsável, Guerreiro, exemplo a ser seguido, futuro a ser vivido, de longe ou perto. Parabéns nesse dia em que os Heróis são de verdade como Você Pai Alaodé. Feliz Dia dos Pais.

Otalende - 11/08/2012

FELIZ ANIVERSÁRIO FELIPE!!! Que Oxalá e Omolu abençoe o seu caminho, traga muita paz, muita luz e muita prosperidade para a sua vida. Um grande abraço.

Adakorin - 11/08/2012

FELIZ ANIVERSÁRIO STAYLON!!! Que Logun com as águas doces de Oxum lave de bençãos a sua vida e com a força das matas Oxóssi lhe traga paz e sabedoria.

Adakorin e Omilujam - 07/08/2012

FELIZ ANIVERSÁRIO OYA KINAN!!! Que Iansã com os seus ventos sagrados lhe abençoe neste dia maravilhoso e Ogum ilumine seus caminhos e lhe traga muito axé.

Adakorin e Omilujam - 07/08/2012

FELIZ ANIVERSÁRIO ELISANDRA!! Que este dia seja coberto por bençãos dos orixás e seu caminho iluminado por toda e vida. Um grande beijo

Adakorin e Omilujam - 05/08/2012

FELIZ ANIVERSÁRIO ODOMIFA!!! Que Iemanjá ilumine os seus caminhos, traga as ondas do mar a te abençoar. Um grande abraço.

Adakorin e Omilujam - 05/08/2012

FELIZ ANIVERSÁRIO – PAI ALAODÉ!!! Rogamos a Oxaguian e Oxossi que tragam bençãos e protejam o seu caminho todos os dias. Obrigada por ser um Pai maravilhoso e por amar tanto os Orixás. Okolofé meu Pai.

Adakorin e Omilujam - 02/08/2012

Aprendi que é necessário um dia de chuva, para darmos valor ao sol, mas se ficarmos expostos muito tempo, ele queima. Aprendi que, ao invés de ficar esperando alguém me trazer flores, é melhor plantar um jardim. Aprendi que, as pessoas mais queridas podem às vezes me ferir, e talvez não me amem tanto quanto eu gostaria, o que não significa que não me amem muito, talvez seja o máximo que conseguem. Isso é o mais importante. Aprendi também que o tempo é muito precioso e não volta atrás, por isso, não vale a pena resgatar o passado, mas sim construir o futuro.

Yassoang - 31/07/2012

FELIZ ANIVERSÁRIO YOLUNDE!!! Minha madrinha, que nosso Pai Ogum te abençoe e lhe dê sabedoria para trilhar o seu caminho com amor, fé e devoção aos orixás. Que nossa Mãe Iansã com os seus ventos leve para bem longe todas os obstáculos que por um acaso aperecerem na sua vida. Obrigada por você existir e fazer parte da minha vida.

Adakorin - 26/07/2012

Um índio velho descrevia seus conflitos interiores. “Dentro de mim existem dois lobos. O lobo de ódio e o lobo do amor. Ambos disputam o poder sobre mim”. Alguém pergunta qual lobo vence. O velho índio reflete e admite. “O que eu alimento”.

Otalende - 25/07/2012

A sua benção mãe. Quero agradecer tudo que a senhora fez por mim, alma maravilhosa. Muito obrigada por eu ter voltado a ser feliz, um abraço grande, obrigada também a todos da casa que me acolheram.

Simone Duarte - 05/07/2012

Parabéns pela casa linda que tem,a cho bonita a casa que frequento, mais a de vocês é linda!!!

Aline - 05/07/2012

Eu acredito plenamente na evolução humana e está na hora do ser humano crescer e evoluir, muitos valores foram invertidos e a ganância e a ignorância tem tomado conta desta raça chamada humana. Penso que devemos antes de guardar os mantimentos e utensílios para a nossa sobrevivência, precisamos antes aprender a nos perdoar, pois só assim podemos perdoar os outros e crescer para a vida eterna.

Adakorin - 28/06/2012

Feliz aniversário Daldum, que Pai Omolu e Mãe Oxum derramem suas bênçãos neste e todos os dias de sua vida.

Adakorin - 28/06/2012

Tome cuidado com as coisas que você faz, e as palavras que você pronuncia. Não se recolhe cinzas com a mesma facilidade que se espalha.

Otalende - 26/06/2012

Okolofé, Minha Mãe Parabéns pelo seu aniversário Quero deixar aqui meu depoimento para uma mulher muito especial, não se trata apenas de uma mulher comum que estou falando, estou falando da Mãe Jagulemi, uma mulher sofrida, batalhadora, honesta, integra, Mãe de 08 filhos biologicos e Mãe de Santo de mais de 200 filhos Espirituais, Mãe, não me canso de agradecer a Deus e aos Orixás por sua existência em minha vida, pessoal e espiritual, muito obrigada por tudo que a senhora faz por nós todos, obrigada por poder participar da sua historia de vida, uma historia que comove a todos nós, e que nos serve como exemplo de vida. Parabéns ao senhor também meu Pai, por fazer nossa Mãe feliz......Parabéns Okolofé Obaipa e Zyamoju

Zyamoju - 28/05/2012

Okolofé Mãe e Okolofé Pai! Sou Moisés, do Ijexá, em Itabuna. Vi seu site e as fotos, muito bonitas e cheio de axé! Gostei demais! Abraço Moisés

Moises - 21/05/2012

Como encontrar palavras para homenagear a Minha MÃE JAGUNLEMI? Como encontrar palavras para descrever uma grande Mulher? Como posso dizer que para mim é um modelo de Mãe? Um ícone de Fortaleza, Alegria, Carácter e extraordinária Personalidade, Mãe zelosa dos Orixás... Como posso agradecer a tudo o que faz por nós e nossos Orixás? Obrigada Mãe, não é suficiente… Hoje tenho um caminho de luz e paz dentro de mim… Obrigada Mãe, não é suficiente… Porque todos os dias me ensina a ver a Vida e os Orixás com mais alegria… Obrigada Mãe, não é suficiente… Para lhe dizer que tenho muito orgulho em Si… Obrigada Mãe, não é suficiente… Para lhe agradecer por ser como é… Obrigada Mãe, nunca será suficiente …. PARA LHE DIZER QUE A AMO MUITO….

ADAKORIN - 13/05/2012

Mãe sinto Deus e os Orixás no fundo do seu olhar e na forma simples e tão pura nos amar, no modo de se entregar, a batalha árdua de lidar com todos nós no dia a dia, este sentimento é um DOM que vem de Deus. Obrigada pela senhora existir em nossas vidas. Um só gesto basta para nos ensinar, seu silêncio é um sinal de que as coisas não estão bem, sua palavras por muitas vezes doce, e outras nos machucam , mas sabemos que tudo isso é para nos ensinar. O ditado é certo ou aprendemos pelo amor ou pela dor, e a senhora MÃE, sempre procura nos poupar da dor, nem sempre entendemos dessa forma, às vezes apanhamos para poder entender os seus ensinamentos. A melhor mãe não é aquela que passa a mão na cabeça dos seus filhos sempre e sim aquela que bate nas horas certas. Mãe querida quero sempre honra-la e dar-lhe o meu respeito. Pedir-lhe que nos perdoe por muitas vezes que não entendermos seus ensinamentos, PERDÃO. Estas palavras são poucas para agradecê-la por tudo que a senhora faz por nós todos......Obrigada Mãe FELIZ DIA DAS MÃES OBAIPA, ZYAMOJU, DANILO E RENATA

ZYAMOJU - 09/05/2012

OKOLOFÉ MÃE E PAI Mãe, tenho muito a lhe agradecer e muito mais lhe pedir perdão, as vezes falo coisas das quais me expresso de forma erronea, mas quero deixar aqui registrada mais uma vez o meu amor, carinho e respeito pela senhora, e lhe pedir perdão mais uma vez por qualquer ato que eu tenha feito que possa ter lhe magoado, mas tenha a certeza que jamais fiz algo com a intenção de lhe magoar ou magoar qualquer um dos meus irmãos. Quero também parabeniza-la mais uma vez pela festa linda do meu pai Oxossi, agradece-la, milhões de vezes pela realização da minha confirmaçao como Ekede de papai Omolu. Como eu sempre disse a senhora tudo que eu puder fazer pela casa de papai Omolu e pela senhora sempre farei, pois a senhora é minha mãe duas vezes. Toda familia sempre tem um filho que as vezes são mais rebeldes do que outros, mas todos tem o seu tempo de crescimento e com certeza eu estou no periodo de crescimento. Milhões e milhões de perdão, por qualquer coisa que eu tenha feito conciente ou inconcientemente. Quero aproveitar a oportunida para agradecer a Ekede Oyazizum por tudo que ela fez por mim dentro do Roncó, e por todos meus irmãos que colaboram para este grande evento, agradecer tambem a Ekede Yasonque que foi nossa Mãe-Criadeira. Agradecer ao OGÃN FADORI do ILÊ AXÉ IJEXÁ DE OXALÁ por todo carinho que nos dedica e nos trás a BENÇÃO DO MEU PADRINHO BABALAXÉ KATULEMBÁ. OKOLOFÉ A TODOS MEUS IRMAOS. Okolofé com muito carinho ao meu BABALAXE ALAODÉ, por tudo que faz por mim e por carinho que tem dedicado. Okolofé minha Mãe por tudo que senhora faz por mim, sou imensamente grata por tudo, AMO A SENHORA tenha a certeza disso.

EKEDE ZYAMOJU - 07/05/2012

OKOLOFÉ MÃE E PAI E A TODOS DO ILÊ AXÉ DE OMOLU Desejo a todos vocês uma Feliz Páscoa !!! Páscoa ... É ser capaz de mudar, É partilhar a vida na esperança, É lutar para vencer toda sorte de sofrimento. É ajudar mais gente a ser gente, É viver em constante libertação, É crer na vida que vence a morte. É dizer sim ao amor e à vida, É investir na fraternidade, É lutar por um mundo melhor, É vivenciar a solidariedade. É renascimento, é recomeço, É uma nova chance para melhorarmos as coisas que não gostamos em nós, Para sermos mais felizes por conhecermos a nós mesmos mais um pouquinho. É vermos que hoje ... somos melhores do que fomos ontem

OBAIPA, ZYAMOJU E DANILO - 06/04/2012

“Talvez você esqueça amanhã as palavras gentis que disse hoje, mas a pessoa que recebeu lembrará por toda a vida.”

Adakorin - 03/04/2012

O amor nunca faz reclamações; dá sempre. O amor tolera; jamais se irrita e nunca exerce vingança. Mahatma Gandhi

Adakorin - 31/03/2012

Okolofé Mãe e Pai.Tem esta a finalidade de Parabenizar a Casa de Omolu por mais um evento lindo como foi a ROÇA DA FORTUNA, que todos os Orixás da Casa de Omolu possam reverter tudo que eles nos dão em SAÚDE, PAZ, AMOR E PROSPERIDADE para a nossa Mãe e Pai. Okolofé

Zyamoju - 28/03/2012

Okolofé Mãe e Pai Algumas coisas acontecem em nossas vidas, que nao sabemos o porque, mas quanto mais o tempo passa, mais acredito nos Orixás e agradeço a eles por tudo que acontece na minha vida. Quando voce coloca os Orixás na frente de tudo em sua vida, eles tomam as providencias que melhor for para voce, pois eles sabem o que fazem, nada acontece por acaso. Okolofé Nanã, Papai Omolu, Yansã, Ossoxi, Oxum, Xango, e a todos os Orixás. Okolofé

Ekede Ziamoju - 22/03/2012

Okolofé Mãe e Pai Não tenho palavras para agradecer o quanto sou grata e feliz por estar na casa de Papai Omolu, Graças a ELE e a todos os Orixás da casa, a cada dia que passa tenho novas conquistas, conquistas estas que nem sempre são materias, e sim espirituais. Lembrem-se sempre que as conquistas materias nao trazem a espiritual, mas a espiritual traz a material. Tudo que fizeres com amor ao os Orixas e ao seu próximo receberão em dobro, mas não façam apenas para receber algo em troca façam por AMOR. SEJAM HUMILDES, TENHAM AMOR NO CORAÇÃO, AME AO PRÓXIMO, confie, acredite, tenha FÉ, agindo assim sua vida pode mudar. Okolofé

Ekede Ziamoju - 21/03/2012

Parabéns Omilujan, por mais este ano de vida, que Mãe Oxum e Pai Omolu te cubram com a força do amor...

Adakorin - 14/03/2012

O fraco jamais perdoa: o perdão é uma das características do forte. Mahatma Gandhi.

Adakorin - 12/03/2012

‎"Chega um tempo que a gente aprende que ninguém nos decepciona. Nós é que colocamos expectativas demais sobre as pessoas. Cada um é o que é e oferece aquilo que tem e pode oferecer."

Otalendê - 06/03/2012

O que mais me impressiona nos fracos, é que eles precisam de humilhar os outros, para se sentirem fortes...... Ghandi

Adakorin - 23/02/2012

A vida é um aprendizado e só se aprende se vivermos ela intensamente........ Ninguém neste mundo tem o direito de jogar pedras, julgar alguem, pois todos nós temos o nosso telhado de vidro....basta olhar para atrás.....

Ekede Zyamoju - 17/02/2012

Okolofé, Mãe e Pai. Parabéns, pela festa maravilhosa de Iemanjá, que todas as benças do mundo possam cair sobre voces e a casa de nosso Pai OMOLU, obrigada, por mais esta oportunidade. Okolofé

Ekede Zyamoju - 03/02/2012

IEMANJÁ, a grande mãe, o oceano que origina tudo, Salve a nossa rainha do mar, hoje é dia de festa ODOYÁ!!!

Adakorin - 02/02/2012

Okolofé MÃE E PAI. Primeiro de tudo quero agradecer a meu PAI OMOLU e senhora minha MÃE e meu PAI, por me dar mais uma vez a oportunidade de estar ao seu lado, em um evento tão especial quanto à festa de nosso PAI OXALÁ, realizada no Ilê Axé Ijexá de Oxalá, em Itabuna/BA, realizada em 25 a 31/01/12. Momentos e oportunidades como estes jamais serão esquecidos, são momentos únicos, sempre é um aprendizado, pois quanto mais se vive mais se aprende. Quero agradecer também ao meu irmão Janire por tudo que tivemos oportunidade de aprender um com o outro nesses dias que estivemos juntos, obrigada meu irmão. Okolofé

Zyamoju Ekede de Papai Omolu - 01/02/2012

Gostei muito do site, parabens

Marcio - 26/01/2012

Okolofé, Mãe, Pai e meus irmãos "ALCANÇANDO A IGUALDADE EM NOSSOS RELACIONAMENTOS" "Todas as pessoas nascem iguais, ainda que nem sempre sintamos isso por dentro. Muitos de nós agimos como se fôssemos inferiores ou superiores aos outros. Ambas as atitudes originam-se da insegurança. Talvez achemos que somos os únicos a ter certos sentimentos. Talvez nos sentamos sobrepujados em um relacionamento e acreditamos que qualquer outra pessoa seja mais forte do que somos nós. Como alcançar a igualdade nos relacimonamentos? Quem dita as regras? Nós todos devemos aprender a ceder, assumir e transigir. Alguns de nós estamos sendo limpados no jogo, embora acreditamos totalmente estar vencendo. Não temos de exigir sequer retribuição por um favor aos outros. Mas o relacionamento esta longe do equilíbrio, se 100% das vezes baseia-se na entrega por nossa parte e na aceitação por parte do outro. Defrontemo-nos com sinceridade, sem falso orgulho nem escárnio pessoal. Olhemo-nos com franqueza, deixando nosso autêntico eu reluzir em profusão.Estaremos abertos e flexíveis às necessidades dos outros, sem sacrificar nem comprometer nossa honra e integridade pessoais. Começaremos a nos ver como iguais - sem superiores, nem inferiores - mas iguais aos outros em nossa vida." (livro-como resolver os conflitos da vida - Bryan E.Robinson, Ph.D.)

Zyamoju - 19/01/2012

Okolofé minha Mãe e meu Pai. A cada dia que passa tenho certeza de que estou no lugar certo, embora nem sempre posso estar presente de corpo, mas estou sempre presente de pensamento. Digo sempre para aqueles que não conhecem a nossa casa, que os Orixás da casa são maravilhosos, maravilhosos não só porque me dão tudo que tenho e sim porque a cada dia que passa me fazem ver e entender o ser humano, e me fortalecem para que eu possa ir em busca de novos horizontes, e digo mais, se não tenho ou não consegui determinada coisa, não é porque eu não mereça e sim porque não é chegada minha hora, pois a nossa hora não é a hora deles. Confio e tenho fé plenamente em minha Mãe e meu Pai que são os instrumentos dos Orixás e de Deus. Okolofé, Mãe e Pai... Uma boa semana.

ZYAMOJU - 16/01/2012

Okolofé minha Mãe e meu Pai. Desejo a todos desta casa maravilhosa, inclusive a todos os nossos Orixás, um FELIZ ANO NOVO com muito axé, prosperidade, sabedoria, perseverança e muita paz. Que 2012 seja mais um ano de vitórias e evolução espiritual.

ADAKORIN - 01/01/2012

Somos ligados a Natureza, por isso tenho certeza que temos um lindo jardim, nossa mãe e uma jardineira que zela por cada semente plantada em seu jardim temos todo tipo de plantas. Junto com o Pai Olaode Mãe Jagulemim cuida e zela por nós e temos que agradecer a Oxalá por termos encontrado esta beleza da natureza. Otalende

Otalende - 29/12/2011

Okolofé Mãe e PAI O natal representa o nascimento de Cristo, momento nao só de festa, mas sim de refleção, compaixão, perdão, humildade, amor, tudo que a casa de nosso pai OMOLU JAGUN sempre pregou, nós só temos a agradecer a Deus por ter nos dado a oportunidade de estar nesta casa abençoada. As falhas de nós seres humanos são enormes, mas Deus e os Orixás JAMAIS falham, são PERFEITOS e só querem o nosso bem. Para aqueles que ainda nao conhecem a casa de nosso pai OmoluJagun , venha conhecer

Ziamoju e Obaipa - 25/12/2011

Mãe Jagunlemi! Minha gratidão é eterna e do tamanho do Universo, nessa casa fui acolhida, amada e tratada... Desejo sra. e a toda sua familia um Feliz Natal !!! Beijo no seu coração e mais uma vez muito obrigada. Roseli V.Chaves (amiga da Zyamoju e Obaipa)

Roseli - 24/12/2011

Venho através deste mural expressar minha gratidão por minha mãe jagunlemi e meu pai aláode por terem aberto as portas da sua casa para a minha pessoa e meus orixás.Somente quem já teve a oportunidade de conhecer a casa sabe o carinho,amor e dedicação que a mãe e o pai tem pelos orixás, por seus filhos de santo e pela casa.Muito obrigada.Feliz Natal e Próspero Ano Novo a todos.

Gabriella - 19/12/2011

Gostaria de compartilhar a minha incontida felicidade em retomar minha vida espiritual na casa do Pai Omolu, onde impera amor, respeito, resonsabilidade, sobretudo a honestidade. Deixo registrado que a busca pela religião é por satisfação pessoal e evolução espiritual. Jamais pensei na religião como forma de encontrar soluções mágicas para as coisas. Pobre é o indivíduo que atribui suas mazelas aos Orixás. Feliz Natal e Próspero Ano Novo a todos!!!

OMILUJAN - 16/12/2011

"A essência de toda a vida espiritual é a emoção que existe dentro de você, é a sua atitude para com os outros." Dalai Lama

ADAKORIN - 15/12/2011

a festa de oxum estava linda quem nao veio esse ano va ano que vem a festa estava odara

steylon - 14/12/2011

Não tenho nem palavras pra dizer o que mãe jagunlemi e meu pai alaode ja fizerão por min a casa de omolu é oxum e axe puro por isso amo a casa de meu pai e nunca se esqueçao oxala, amda dizer quem bem fizer para si é axe a todos.

steylon - 14/12/2011

Muito bem, tudo de bom que aumente o axe, que dê muita saúde, felicidade, tranquilidade, paz e sossego para Mãe Jagulemi.

FALUMEJI - 10/12/2011

Com o passar dos anos a casa de Omolu Jagun cresceu em construção e em Omorixas, estão todos de parabéns, a mensagem que eu deixo: "Quando a estrada estiver com fome não viaje, obedeça".

FADORI - 10/12/2011

Na nossa casa, a caridade, o amor e o respeito estarão sempre presente, porque temos fé e amor nos Orixás. Que meu Pai Ogum abençoe a todos.

Yolunde - 07/12/2011

Nossa casa sempre foi e sempre será uma família firmada na fé, na caridade e no amor, Parabéns pelo site. Kolofé mãe e pai

YÁ MAZANY - 07/12/2011

Obrigado por vcs deixarem nos participar da alegria do descobrimento.... kolofe mae e pai!!! cada dia que passa somos mais felizes... saber que a vida não tem fim, que tudo tem um proposito, que DEUS esta sempre presente... o site ficou lindo.

Denise e Sérgio 07/12/11 - 07/12/2011

Sou vitorioso por ser da casa de meu pai omolu momentos maravilhosos passo la dentro hoje e sempre adorei o site kolofe mae e meu pai

steylon - 05/12/2011

"A FÉ É O GRANDE FIRMAMENTO DO QUE NÃO SE VE MAIS CRÊ". Ensinamento Nagô

Mãe Jagunlemi - 29/11/2011

Parabens a todos, "Feliz é aquele que transfere o que sabe, e aprende o que ensina." Cora Coralina

ALAODE - 29/11/2011

Este site ficou maravilhoso!!! Okolofé minha Mãe e meu Pai.

ADAKORIN - 28/11/2011

Bem vindo ao nosso site!

Ilê Axé Ijexa Omolu Jagun - 28/11/2011

© 2011-2014 Ilê Axé Ijexa Omolu Jagun. Todos os direitos reservados
L2 Midia